OPINIÃO

A atual crise não é tão grave a ponto de estagnar tudo; E nem será

09/11/2015 22:14 -02 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02

O mais comum hoje em dia é assistir os jornais e escutar falar de crise. Realmente, o Brasil está passando por uma crise econômica e até mesmo política, entretanto essa crise não é tão grave a ponto de estagnar tudo. Isso pareceu contraditório? Pois essa é a intenção. Devemos olhar para o cenário econômico e para o nosso cenário local bem como as oportunidades neles existentes.

A crise não parou tudo e nem vai parar, alguns setores do Brasil estão sofrendo com a alta da inflação e outros problemas econômicos decorrentes de várias causas e as quais não citarei, pois esse não é o foco do artigo.

Entender que aqui não chegou essa crise é visualizar tudo de uma maneira bem mais ampla do que muitas vezes a mídia apresenta.

É na crise que surgem as oportunidades

Enquanto algumas áreas do mercado estão tendo perdas gigantescas, outras áreas estão em plena ascensão. Isso se deve ao fato de que na crise também podemos encontrar novas oportunidades. Recentemente Gerdau citou uma frase que nos apresenta uma versão mais resumida do que seja atualmente a crise para alguns empreendedores.

"É mais divertido trabalhar na crise. Eu prefiro trabalhar na crise, porque a minha capacidade de esforço é maior. Eu sou mais criativo, encontro soluções melhores. Eu sou mais demandado em momentos de crise. É como aquele ditado: animal de barriga cheia não caça". (Jorge Gerdau)

É visível que para ele e para outros empreendedores a crise não chegou. E nós precisamos só olhar o mercado de uma forma mais específica.

2015-11-09-1447085822-9728830-homembinoculosolho.jpg

Use binóculos para sair da crise

Esse subtítulo parece no mínimo uma propaganda. Agora vamos enxergar essa frase detalhadamente. Um binóculo ajuda a focar e ver algo que está longe de nós. Dificilmente você conseguiria enxergar com tamanha perfeição algo de tão longe sem usar um equipamento como esse.

É esse binóculo que precisamos para sair da crise. Você precisa enxergar algo que está mais distante do seu campo de visão e focar naquilo. Os nichos específicos nos remetem a esse olhar mais específico e detalhista. A crise abre novas portas para esses mercados. Não espere vender muitas coxinhas em uma rua cheia de vendedores de coxinha, você vai enfrentar uma grande concorrência e precisará ter um diferencial muito grande para vencer. Seria mais fácil você encontrar outra oportunidade pra vender algo que possa também chamar atenção do seu público-alvo.

Empreender é uma saída

Muitas pessoas ainda tem receio de empreender e acham que poucos ganham dinheiro ou tem um negócio sustentável a partir do empreendedorismo. O problema é que muitos não compreendem que empreender exige tanta dedicação quanto àquela exigida em um trabalho de 8 horas diárias. Muitas vezes exigi até mais.

No último artigo que escrevi aqui no HuffPost Brasil 3 sinais que a mudança no Brasil já começou a partir do Empreendedorismo citava justamente o empenho e a dedicação que o ato de empreender exige. É arriscado, é trabalhoso, é difícil, mas é recompensador. E empreender é uma saída para a crise. Muitas pessoas estão ganhando muito dinheiro enquanto a crise abala diversos outros setores da economia. Enquanto uns reclamam do dólar em alta, outros apenas recebem pagamentos em dólar e continuam investindo forte no nicho que estão presentes. Eu sou um deles, ganho também em dólar e só fico triste com o prejuízo que essa alta provoca em alguns setores, entretanto como administrador e empreendedor, percebo o potencial desse fato e encontro uma maneira de enfrentar a crise.

Se você esperar, a crise será diária para você, até mesmo quando ela acabar.

Você sabia que a pior crise é aquela que nos impede de ir além? Ela nos trava de tal maneira que ficamos esperando o apenas o tempo resolver.

Um dia a crise econômica que o Brasil passa irá acabar, a economia irá voltar ao normal e você continuará em uma crise. Uma crise que você mesmo criou a partir do momento que você parou de fazer tudo esperando o problema econômico do Brasil se resolver. O jovem que foi demitido não pode esperar acabar a crise para levar o currículo nas empresas. O empreendedor não pode esperar a crise econômica passar para começar a empreender.

Procure as oportunidades em meio à crise, tempo é dinheiro e a crise vai ser mais impactante para você a partir do momento que você deixar de agir. Comece a atuar, continue fazendo com que sua empresa cresça, continue correndo atrás. O sucesso pode chegar em meio as crises. Coloque seu binóculo, arme-se com suas habilidades e mãos a obra, é hora de empreender.

E você, qual está sendo a sua forma de sair da crise?

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:



20 conselhos de bilionárias para enfrentar a crise