OPINIÃO

6 coisas que Eurico Miranda precisa saber antes de se mudar pra Sibéria

18/08/2015 14:50 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Estadão Conteúdo

Em último lugar na tabela do Campeonato Brasileiro, o Vasco vê crescerem rodada após rodada as chances de emplacar mais um rebaixamento, o que seria o terceiro na história centenária e gloriosa do clube, o segundo em apenas três anos.

A cada dia mais maluco, irresponsável, inconsequente e fanfarrão, o presidente Eurico de Almeida Miranda segue com sua tática de "roubar" o protagonismo e ser ele o centro das atenções. Para tanto, já não mede mais esforços para superar os limites do ridículo e do patético, expondo a instituição que jura amar à chacota pública, transformando-a num verdadeiro picadeiro para suas apresentações circenses.

Na semana passada, o futuro integrante da "Praça É Nossa" prometeu, que, caso o Vasco seja rebaixado, vai procurar saber onde fica o lugar mais distante na Sibéria e se transferir para lá para sempre. Depois de mais uma derrota contra um adversário direto na briga para fugir da degola (1 a 0 para o Coritiba, sábado, no Maracanã), a qual fez as chances de queda dispararem de vez, o blog achou por bem preparar uma pequena lista de coisas que Euricão deve saber sobre sua nova moradia antes do embarque, que, pelo visto, será em breve. Espero que ajude.

1. Lá tem uns cachorros ASSUSTADORES

2015-08-16-1439749378-914227-ovcharka.jpg

O moleque Caucasian de Almeida Ovcharka, uma montanha de pêlos e músculos lotada de ódio no coração, também chamado de Caucasian Shepherd - Pastor do Cáucaso, em tradução livre - é uma verdadeira máquina de mastigar gente. A raça foi criada pelos militares da antiga União de Almeida Soviética, durante a primeira década dos anos de 1900, a partir da mistura do Cáucaso da Montanha (foda!) com o Rotweiller, o São Bernardo e o Pastor Alemão.

Desenvolvida por gente tão ruim, não era possível esperar nada menos do que o puro sumo da maldade. Te cuida, presida!

2. A Sibéria tem as prisões mais sinistras do planeta

Não, ninguém aqui está dizendo que o presida vai ser preso. Mas sabem como é o Eurico, né? O cara é explosivo! E na Rússia nego não costuma deixar barato. É terra de gente muito louca, como comprovam os vídeos que vemos todos os dias na Interwebs. Vai ser complicado. Qualquer baforada mal dada no charuto ou uma dose a mais de vodka de algum local já pode servir de estopim para problemas, os quais iriam transformar a vida do cartola vascaíno num pesadelo muito maior do que o que vive seu time no Brasileirão.

Essas cadeias foram projetadas para abrigar os piores criminosos que a Mãe Rússia teve a cara de pau de parir. São sujeitos tão maus, mas tão maus, que, perto deles, Suzanne von Richthoffen, Guilherme de Pádua, Loira da Yoki e Goleiro Bruno ficam parecendo querubins da bundinha azul bebê. Tem alas inteiras só para canibal! E como se isso tudo já não fosse suficientemente aterrorizante, adivinha que cachorro eles usam pra fazer a guarda do lugar? Pois é.

Tá duvidando da sinistralidade da parada? Então se liga no doc. aí encima e trata de ficar esperto, Eurico.

3. Tem um buraco que vai dar no fim do mundo

2015-08-16-1439751830-7830737-crater.gif

Se o senhor acha que o buraco nas contas do Vasco é o maior que já viu na vida, então se prepara, presidente, porque o que o que o senhor vai encontrar lá na Sibéria vai deixa-lo C - H - O - C - A - D - O!

A cratera de cerca de 80 metros de largura surgiu do nada, assim, da noite pro dia. Cientistas do mundo inteiro foram até o local, porém, passado mais de um ano de expedições, ainda não conseguiram explicar absolutamente nada. Muito menos fazem idéia da profundidade do buraco, daí dizerem que ele acaba no fim do mundo.

Agora imagina o Euricão lá sentado num sofazão de pele de urso polar, se aquecendo diante de uma lareira enquanto bafora seu charuto, e, de repente, o chão se abre sob seus pés, engolindo tudo e todos ao seu redor? Seria a forma de ele experimentar na prática o que tem sentido de maneira abstrata os torcedores do Vasco. Abre teu olho, Suspensório!

4. Lá rolam tsunamis de neve

2015-08-16-1439702106-7100074-snowtsunami.jpg

Tem tsunami e neve na mesma frase. Precisa falar mais alguma coisa?

5. Já teve explosão 1.000 vezes maior que a da bomba de Hiroshima... e ninguém sabe o que a causou

2015-08-16-1439749625-1268257-giphy1.gif

Tá, isso foi há mais de 100 anos. Mas e daí, pergunto? O que garante que não vai acontecer de novo? Um dia também se achou que o Vasco nunca seria rebaixado. Depois que o primeiro rebaixamento se confirmou, ninguém jamais pensou que pudesse haver o segundo. E agora ele já está indo pro terceiro! Enfim, tudo é possível! E por mais que o Euricão dê seus vacilos, ninguém quer vê-lo ter o mesmo fim que a galera de Tugunska. Tem que estar muito ligado.

6. Existe uma cidade na Sibéria, onde é PROIBIDO DAR DESCULPAS

2015-08-16-1439748867-7568765-giphy.gif

Não, meu amigo, você não leu errado! Alexander Kuzmin, prefeito da distante Megion, no oeste da Sibéria, criou uma lei, a qual proíbe funcionários da prefeitura de usar frases, como: "Eu não sei." e "Está na hora do almoço.". Outras frases interessantes, que também foram banidas pelo prefeito, são:

  • "Mas o que é que você esperava que eu fizesse, Dimitrov?"
  • "Boris, essa pica não é mais minha!"
  • "Acabou meu horário de trabalho, Salenko."
  • "Acho que eu estava doente nesse dia, Ivan."

Okaaaaaaaaaay, de novo eu estou dando uma forçadinha na barra. Ele ainda nem chegou lá e já estou colocando o cara na folha de pagamento de uma prefeitura. Mas vai quê, né? Todo mundo conhece o histórico do homem e sabe bem que pra ele não vai ser difícil desenrolar com os russos e, quiçá, descolar uma boquinha no governo local. Tem coisas que nascem com o ser humano e permanecem nele até a morte. De toda forma, o aviso está dado e é melhor não facilitar.

E aí, tem mais alguma coisa bizarra sobre a Sibéria que o Eurico deveria saber? Manda sua dica aqui nos comentários, que a gente dá um jeito de fazer chegar até ele.

SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS:



VEJA MAIS SOBRE ESPORTES E FUTEBOL NO BRASIL POST:

8 passos da Fifa contra corrupção