OPINIÃO

32 aulas que todo menino deveria ter em uma 'Escola de Príncipes' (se ela existisse)

17/10/2016 12:23 BRST | Atualizado 17/10/2016 12:23 BRST
Hero Images via Getty Images
Curious boy with sidewalk chalk crown overhead

A Escola de Princesas, que começou em Minas Gerais, começou a abrir filiais. A "escola" parece uma casa de bonecas com praticamente tudo cor-de-rosa. O jogo de chá com estampa floral e os guardanapos decorados refletem como uma menina deve ser: delicada e doce. A escola foi fundada em 2013 por uma psicopedagoga, que um dia teve um sonho que se tornou realidade: ela sonhou que trabalhava numa escola de princesas. "O sonho de toda menina é tornar-se uma princesa" é o mote da escola.

Coincidentemente, também tive um sonho. Talvez movida pelo Dia dos Professores. Sonhei com uma escola de príncipes. Uma escola onde eu gostaria que todos os meninos estudassem. Diferentemente da psicopedagoga, meu sonho está só no imaginário, mas faço questão de dividir com vocês como se daria esse curso.

O curso tradicional seria de seis meses e ensinaria meninos de 3 a 50 anos desde os valores de um príncipe - respeito às mulheres, não exploração da própria mãe e noções básicas sobre o feminismo - a como arrumar a casa, não fazer xixi na tampa do vaso, cozinhar a própria comida e assumir os cuidados com os filhos.

As aulas seriam ministradas por profissionais diversos: feministas, mães e avós cansadas de fazerem a ceia de Natal sozinhas e esposas de saco cheio de cuidar de bebezões com mais de 30.

Num "Chá de Príncipes", os meninos, todos vestidos com sutiã apertado e de bojo, vestido lindo e desconfortável, salto alto que te deixa cheio de calos e calcinha enfiada, aprendem todos os detalhes sobre as amarras invisíveis e aceitas pela sociedade que pretendem cercear a liberdade feminina e como esse cerceamento começa a partir das roupas "femininas".

Segue o planejamento do curso da Escola de Príncipes:

Módulo I: Corpo humano

Aula 1: jamais tocar em uma mulher sem o seu consentimento

Aula 2: mirando o pênis na água do vaso ou aprendendo que fazer xixi sentado não vai te fazer menos macho

Aula 3: aprendendo a lavar o pênis corretamente para evitar câncer (ver campanha)

Módulo II: Exploração feminina

Aula 1: você não mora em pousada ou hotel - limpe a sujeira da sua existência

Aula 2: lavar louça não causa queda de mão

Aula 3: a ceia de Natal não deve ser feita só por mulheres, que passam o dia todo na cozinha nesse dia

Módulo III: Estudando as leis

Aula 1: Lei Maria da Penha

Aula 2: Lei Menino Bernardo

Aula 3: Lei da pensão alimentícia

Aula 4: Lei do feminicídio

Módulo IV: Aprendendo Inglês

Aula 1: gaslighting

Aula 2: mansplaining

Aula 3: manterrupting

Aula 4: bropriating

Módulo V: Assumindo a paternidade

Aula 1: você não merece biscoito por trocar fraldas

Aula 2: você não merece palmas por dar banho no bebê

Aula 3: como não ser um pai-quando-dá ou um pai-de-selfie (só é pai na hora de tirar selfie)

Aula 4: a mãe do seu filho sabe tanto quanto você sobre cuidados com o bebê - aprendam juntos

Aula 5: a pensão que você paga não dá pra quase nada

Aula 6: você não está fazendo mais que sua obrigação

Módulo VI: Leitura

Aula 1: O Segundo Sexo - Simone de Beauvoir

Aula 2: O Mito da Beleza - Naomi Wolf

Aula 3: Sobrevivi, posso contar - Maria da Penha

Aula 4: O despertar - Kate Chopin

Aula 5: Jane Eyre - Charlotte Brontë seguido de Wide Sargasso Sea - Jean Rhys

Módulo VII: Clipes musicais

Aula 1: Desconstruindo Amélia, Pitty

Aula 2:Flawless, Beyoncé

Aula 3: Like a Boy, Ciara

Aula 4:Tá pra nascer homem que vai mandar em mim, Valesca Popozuda

Aula 5: Just a Girl, No Doubt

Módulo VIII: Artes

Aulas 1, 2 e 3: A vida e a arte de Frida Kahlo.

LEIA MAIS:

- A primeira infância é responsabilidade de toda a sociedade e não só da mãe

- Por que mães e pais devem se posicionar contra a aprovação da PEC 241

Também no HuffPost Brasil:

Por que o feminismo é importante