OPINIÃO

O lado bom da #selfie

15/04/2014 11:15 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:23 -02
Getty Images

Confessa aí, vai: quem nunca esteve sozinho no elevador/parado no trânsito/na fila do banheiro e (rezando muito para que ninguém o flagre), puxou o celular da bolsa para tirar "a" selfie? Principalmente naquele dia que seu cabelo está hollywoodiano, sua pele anda colaborando e a luz daquele local te deixa parecido com um ator de cinema (adicione aqui seu muso/musa inspirador). Pode admitir, nós sabemos. Aliás, o mundo todo sabe. E você não está sozinho nessa, muito pelo contrário. Pelo menos é o que mostra a hashtag bombástica do Instagram, que até o final desse texto agrega mais de 98 milhões de #selfies pelo mundo - meu, seu, do farmacêutico da esquina, do Obama e até (pasmem!) do Papa. Mundo globalizado é isso mesmo, gente!

Autoafirmação x Automarketing

A coisa é tão séria que a palavra selfie foi inclusa no dicionário inglês Oxford, e foi eleita a palavra-chave de 2013. "Só para você ter uma ideia, o uso dessa palavra aumentou 17.000% no último ano", revela Judy Pearsall, diretora editorial do Dicionário Oxford. E acredite se quiser, esse ano foi criado um smartphone com botão especial para tirar autorretratos - tudo para facilitar a vida dos "selfimaníacos", como são chamados atualmente.

Esse reconhecimento acadêmico também veio para reafirmar o óbvio do comportamento humano: a adoração e a celebração do "eu". Afinal, atenção é igual a poder, certo? Pelo menos é o que acha o ator James Franco, famoso por postar fotos suas dia sim, dia também, em relato ao New York Times: "Em época de muita informação a um clique de distância, o poder de atrair alguém, para mim, é considerado uma forte ferramenta de poder nas redes sociais. O selfie é a nova maneira de olhar alguém nos olhos e dizer 'Olá, estou aqui!".

E essa ferramenta também pode ser considerada uma forte aliada na autopromoção, sabia? Isso tudo nada mais é do que ter o marketing de nós mesmos nas mãos - e tem coisa melhor do que isso? Hoje em dia existem até páginas no Facebook para você compartilhar seu autorretrato - por puro e simples prazer de aparecer e, de quebra, ganhar uma dezena de likes. Nada mal para massagear ainda mais o ego, certo?

Por isso, clique! Sem medo de ser feliz. Com o filtro certo e o bom senso (sempre ele!) na cabeça, o #selfie tem tudo para ser seu aliado - e longe de ser um mico digital!