OPINIÃO

Como viajar e se hospedar por pouco ou de graça

14/01/2015 19:05 -02 | Atualizado 26/01/2017 21:36 -02

Quer saber como gastar pouco ou nenhum centavo (sim, de graça) quando for pensar na hospedagem em qualquer lugar do mundo? Confere aí!

Hostel - Para fazer amizades

reprodução

Já popularizados, os hostels são a primeira opção de todo mochileiro. Econômicos, hoje oferecem perfeita infraestrutura, muitos são até melhores que hotéis. Alguns oferecem café-da-manhã na faixa e outros, até jantar. Além de tudo, é a melhor forma de fazer amizade, pois são ambientes jovens e repleto de atrações para quem pretende aproveitar o destino de todas as formas.

Airbnb - Para ter privacidade

reprodução

Dependendo do destino, você pode encontrar quartos ou apartamentos para alugar por preços bem razoáveis. Há muitas pessoas que alugam suas casas enquanto viajam, principalmente no final do ano. A vantagem de alugar um flat é que você tem mais privacidade e terá tudo o que precisa em mãos.

CouchSurfing - Para dormir de graça

reprodução

Esse modelo de hospedagem ainda é um pouco questionado, mas quem já fez garante que é seguro. Basicamente, você se cadastra no site, procura o destino e entra em contato com pessoas locais que oferecem "o sofá" para você dormir (mas às vezes a pessoa tem colchão ou até quarto sobrando, então não é bem ao pé-da-letra). A vantagem? Nada é cobrado por isso. A pessoa que recebe é alguém que gosta de receber pessoas e, geralmente, também utiliza o serviço quando viaja. É tudo na base da confiança e amizade.

LoveRoom - Para os solteiros à procura (e dormir de graça)

reprodução

Bom, esse basicamente mescla uma rede social para encontrar um par perfeito com busca de hospedagem. É como se fosse um CouchSurfing da pegação. O slogan na página é "Travel the world and fall in love" (Viaje o mundo e se apaixone). Sacou, né? Preciso dizer as vantagens?

WWOOF - Para quem gosta de natureza (e dormir de graça)

reprodução

World-Wide Opportunities on Organic Farms (Oportunidades Mundiais em Fazendas Orgânicas) é um site que exibe fazendas orgânicas pelo mundo inteiro e que estão à procura de jovens interessados em intercâmbio cultural. Você se cadastra, paga uma taxa anual, procura o destino e vê onde tem vaga e se o lugar tem a ver com você. Você se hospeda de graça na própria fazenda (dependendo do local, a fazenda é bem high-tech e oferece uma ótima infraestrutura), come de graça, mas paga com a mão-de-obra, isto é, ajudando na atividade da fazenda. É um programa que vem se expandindo e vantajoso, pois você pode conhecer uma região sem pagar nada para se hospedar, além de conhecer mais sobre o trabalho em uma fazenda.

Worldpackers - Hospedagem em troca de horas de trabalho em hostel

reprodução

Funciona assim: você se cadastra, escolhe o destino e se conecta com hostels do local. Escolhe um cadastrado e oferece horas de trabalho em troca de um quarto para dormir. A ideia é "viaje o mundo dividindo suas habilidades". Quando você se cadastra, preenche uma ficha com suas habilidades e, assim, pode pegar uma vaga como recepcionista, guia turístico, bartender - tudo depende do que você sabe fazer.

Curta a gente no Facebook |
Siga a gente no Twitter

Acompanhe mais artigos do Brasil Post na nossa página no Facebook.


Para saber mais rápido ainda, clique aqui.

VEJA TAMBÉM:

ETC: