profile image

Renata Penna

Mãe de três, fotógrafa, escritora e atriz, autora do blog Uma Vez Mamífera.

Mãe de três, fotógrafa de parto, maternidade e infância, escritora, atriz, ativista da humanização do nascimento e da maternidade ativa e consciente, autora do blog Uma Vez Mamífera.
renata penna/arquivo pessoal

O mito da 'criança boazinha'

Criar filhos com todo amor, toda paciência, todo respeito e toda presença do mundo, é uma coisa bacana por si só, e certamente trará frutos maravilhosos pela vida afora. Mas não se trata de um meio para atingir a um fim: eu sou adepto da maternidade e paternidade por apego para que meu filho seja assim, ou seja assado. Nossos filhos serão como são, a nós cabe estar presentes, amá-los e acolhê-los da melhor forma possível - e aí é que se encaixam perfeitamente o respeito, o carinho, o diálogo, tudo em livre demanda e sem economia.
26/05/2015 16:37 -03
renata penna

Bonita é a mãe!

Viver deixa marcas. Por fora, por dentro. Crescemos, mudamos, aprendemos e nos transformamos. Abrir os braços para a vida significa permitir que ela imprima em nós suas manchas, suas cicatrizes, seus rabiscos que assinalam a passagem dos dias, dos meses, dos anos. Como podemos querer manter-nos iguais, imutáveis, sem transformação? Isso não seria privilégio, mas maldição. Por fora como por dentro, a vida nos pede mudança. Acolher e aprender a amar a marca da mudança em nós é permitir que o tempo nos tome pelas mãos, baile conosco, siga seu curso.
08/04/2015 16:22 -03
arquivo pessoal

'Sou apaixonada pela maternidade. E sou a favor do direito ao aborto legal e seguro'

Sou apaixonada pela maternidade. Ser mãe me revolucionou em todos os sentidos possíveis, e me ensina a ser alguém melhor, todos os dias. Mas isso tudo é a minha experiência, apenas. Não me permito usá-la como parâmetro para determinar como será, seria, deveria ou poderia ser a experiência de outra mulher. Escolhas, caminhos, vivências, são pessoais. Não cabe usar a minha régua pessoal para medir a experiência do outro.
13/02/2015 15:40 -02
renata penna

'Não ofereça o caminho mais fácil. Ofereça apoio'

Se você ver uma pessoa passando por uma situação delicada e exigente, coloque-se no lugar dela antes de oferecer a ela aquele que, para você, é o caminho mais fácil. Tente se lembrar que talvez ela não esteja à procura do caminho mais fácil, apenas do mais correto para ela. A maternidade não é feita de escolhas fáceis. Ser mãe é maravilhoso, mas implica aceitar as dificuldades, os cansaços, as dúvidas, as angústias, as escolhas delicadas e exigentes que fazem parte da caminhada.
04/02/2015 12:44 -02
arquivo pessoal

'Mãe é pessoa também'

Mãe é bicho imperfeito, como todos os outros. Mãe sabe uma porção de coisas, e ignora um tantão de outras, como todo mundo. Mãe é ser humano, feito de defeitinhos, de tropeços e de cicatrizes, de bonitezas e de lágrimas, de sorrisos e de momentos de quase desespero.
01/01/2015 14:23 -02