profile image

Renata Honorato

Jornalista e entusiasta de gadgets, luzinhas, gatos, música e cinema.

Jornalista. Cobriu tecnologia por mais de dez anos. Foi editora do site de VEJA, estudou arte e tecnologia e durante um longo período escreveu sobre games. É entusiasta de gadgets, luzinhas, gatos, música e cinema.
Fey Ilyas/Flickr

Nas ondas - ou bits - do podcasting

Eu não vejo a hora das redações Brasil afora se inspirarem no "Serial" para produzir super reportagens em áudio, um formato que chegou a ganhar fôlego no rádio, mas que sumiu à medida que o bom jornalismo migrou das ondas para os bits.
22/04/2015 10:15 -03
Jhaymesisviphotography/Flickr

Cansou do Tinder? Conheça o Happn, aplicativo que procura pessoas que estão (bem) perto

A mecânica do aplicativo francês é muito similar ao Tinder, um grande sucesso no Brasil, embora o programa prefira vender a ideia de uma solução mais "real", tendo em vista a limitação geográfica para a pesquisa de perfis. De certa forma faz sentido, uma vez que o serviço pode facilitar o encontro de pessoas que estejam realmente próximas umas das outras. Vale lembrar, no entanto, que a galera pode explorar métodos mais convencionais quando o interesse é mútuo em um restaurante ou balada. A popularização - ou não - do app será o termômetro de quanto essa ferramenta pode ou não ser útil para os brasileiros a curto prazo.
07/04/2015 16:41 -03
divulgação/sony pictures

Aos 35 anos, Come-Come comemora aniversário no cinema

O jogo, um clássico dos arcades, será relembrado em um filme de ficção científica, com uma boa dose de comédia, dirigido por Chris Columbus ("Esqueceram de Mim" e "Harry Potter e a Pedra Filosofal"). "Pixels" traz ainda Adam Sandler no papel de Sam Brenner, um especialista em videogames. O filme estreia nos cinemas brasileiros no dia 23 de julho.
03/04/2015 11:22 -03
reprodução

YouNow: A moda é fazer streaming da vida na internet

Se para George Orwell o Big Brother, de "1984", era uma figura opressora, nos dias atuais a ideia de ser observado faz a cabeça de milhões de pessoas em todo o mundo. O YouNow, cujo número de usuários únicos por mês é de mais de 100 milhões, é prova dessa nova onda que chega à internet: fazer streaming da própria vida.
30/03/2015 11:50 -03

Ao completar uma década, YouTube já não reina sozinho na internet

O YouTube é sem dúvidas o maior catálogo de vídeos online da rede. A plataforma comprada sabiamente pelo Google em 2006, um ano após a fundação do serviço, tem mais de 1 bilhão de usuários, que fazem o upload de 300 horas de vídeo por minuto. É de se convir, portanto, que o YouTube reina na internet - mas não sozinho. E a culpa é desta campanha de Natal que você assiste a seguir:
14/02/2015 17:10 -02
reprodução

Paris? Budapeste? Reykjavík? Calcule quanto custa a viagem dos seus sonhos

O Quanto Custa Viajar exibe em um mapa os destinos mais em conta identificados por cor e faz um ranking de lugares mais caros e mais baratos para passar as férias. Londres, Paris e Nova York, como já era de se imaginar, aparecem como destinos mais populares. Já Cracóvia, Budapeste e Istambul estão entre os lugares que se adequam melhor ao bolso brasileiro -- especialmente agora com o dólar nas alturas.
11/02/2015 13:52 -02
divulgação

Autógrafo, que nada: encare a sua banda predileta nos games

A Sony, em parceria com a Activision, vai promover neste final de semana uma ação muito bacana, que reúne duas paixões: games e música. A ideia é dar aos jogadores de "Destiny" (76 no Metacritic, 6 no GameSpot e 7.8 no IGN) uma chance de encarar online a banda hypada do momento Imagine Dragons.
06/02/2015 13:20 -02
divulgação

Híbrido de Glass e Oculus Rift, HoloLens pode salvar Microsoft

Talvez esse seja o primeiro grande produto assinado por Satya Nadella, que assumiou a posição de CEO da empresa depois que Steve Ballmer "pediu pra sair". Ballmer, inclusive, deixou a empresa justamente por não olhar adiante e por não conseguir fazer da Microsoft uma empresa de ponta e de vanguarda em um mercado em que a inovação tem que estar no DNA de qualquer companhia.
27/01/2015 11:00 -02
divulgação

Ninguém descobriu uma função para o Glass. Nem o Google

O conceito do Glass não vai virar lenda. O Google vai repensar a sua função e, é claro, encontrar necessidades reais para o gadget. Quando a Apple lançou o iPad, em 2010, desconfiava-se de que o produto não teria muita razão para existir, uma vez que ele fazia tudo o que um smartphone já podia fazer muito bem. O que Steve Jobs tinha descoberto, no entanto, é que a experiência de ler e jogar um game no celular não era a mais completa para o usuário. Bingo! O tablet virou o gadget perfeito para ler notícias e um aparelho incrível para jogar games casuais.
16/01/2015 11:40 -02