profile image

Morillo Carvalho

Jornalista, pós-graduado em Gestão Cultural

Jornalista, pós-graduado em Gestão Cultural. Estudante de teatro e de gastronomia, um dia vai se alienar e viver numa pousada à beira-mar sem querer se informar a lot of. Enquanto isso fica aqui, nessa verborragia sem fim. É repórter de cultura/comportamento/gastronomia no programa Clube TV (TV Brasília). É editor do noticiário Ritmo da Notícia (Rádio Nacional FM Brasília). É editor e apresentador do programa cultural Mosaico (Rádio Nacional da Amazônia). Queria ter mais horas livres por dia (pois é pai), sabe cozinhar, tem uma geladeira de cerveja na sala e ainda vai ter um restaurante.
Matt Hazlett via Getty Images

Estamos de olho em vocês, ugly Americans

Muitos foram os americanos a ir no Twitter falar de nossas mazelas, algo como "deixa eles, vão cuidar de zika, de violência do Rio, de poluição da Baía de Guanabara". Tipo: cuidem dos problemas de vocês e nos deixem em paz pra enchermos o saco de alguns de vocês, afinal somos bem melhores, primeiromundistas, ricos, cheios de medalhas, estamos aí é pra tirar onda mesmo e ralar isso na cara de vocês.
22/08/2016 23:37 -03
Paul Brighton

'15 de março, eu vou: comer coxinha'

É que é neste domingo o 2º Festival Vegano de Brasília. Já deu pra perceber que não sou vegano, mas sou beem simpático ao vegetarianismo e veganismo. Mesmo sendo fã de carne e alimentos de origem animal, admiro muito quem consiga se livrar deles e viver com estilo próprio e muita responsabilidade sobre a própria nutrição.
13/03/2015 12:38 -03
REUTERS/Ueslei Marcelino

'Existe licença poética na hora de se xingar uma autoridade?'

Amigona/ão: cê pode votar em quem cê quiser. Cê pode xingar os políticos. Cê pode ir às ruas dia 15. Cê só não deve esquecer que eu/minha mãe / seu vizinho / quem mais for temos os mesmos direitos. Cê pode se expressar como quiser. Cê só não deve esquecer que discurso de ódio é crime. Que preconceito é crime. Que pra toda ação tem reação.
09/03/2015 15:10 -03
funadium/Flickr

Jornalismo 2.0 e a censura nossa de cada dia

Yes. Jovens jornalistas achando tranquilex que o texto de outrém seja apagado - numa relax, numa tranquila, numa boua. Nem pra colocarem uma receitchenha de cocheenha no lugar... Respondi que a censura no país era lei. Não deu outra: iniciou-se outra longa discussão... Amigos, colegas, conhecidos, conhecidos apenas de nome, desconhecidos e eu mesmo estávamos lá, em poucos minutos, nos digladiando.
05/03/2015 18:11 -03