profile image

Marcelo Estraviz

Empreendedor e ativista, presidente do Instituto Doar

Escritor, empreendedor, palestrante, ativista. Fundador e ex-presidente da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR) e da associação de ex-alunos do Colégio Miguel de Cervantes; conselheiro do Greenpeace, do Instituto Filantropia e do Instituto Seva. Autor dos livros Captação de diferentes recursos para organizações da sociedade civil e Um dia de captador. Acaba de lançar o livro Pause, sobre suas experiências com períodos sabáticos. É Presidente do Instituto Doar, que atua em prol da cultura de doação no Brasil, através do Dia de Doar e da iniciativa certificadora de ONGS. É Empreendedor Cívico da RAPS, Rede de Ação Política pela Sustentabilidade.
XiXinXing via Getty Images

E se o Business Model é a doação?

Muitos acham que nosso cliente no terceiro setor é a criança ou o doente. Esse foi o grande erro das últimas décadas. Nosso cliente é o doador. Os públicos atendidos são nosso produto. Se eu educo bem as crianças, eu deixo meus doadores felizes (e a sociedade melhor). Sei que ao dizer isso, vários amigos meus do lado do social vão me questionar. Mas afirmo: não está em jogo nossa vontade de fazer algo muito bem, o que está em jogo é o dinheiro que preciso para isso, portanto meu cliente, quem me dá o dinheiro, é meu público alvo.
13/04/2016 17:13 -03