profile image

Luis Henrique Rolim

Pesquisador Esportivo, vê o esporte como fenômeno cultural

Luis Henrique Rolim é um profissional multiespecialista nas áreas que envolvem esporte, cultura, educação e comunicação. Luis Henrique Rolim usa do sarcasmo e da linguagem popular para comer as pizzas do esporte. Futebol e Jogos Olímpicos são seus sabores favoritos. Ama os gordurosos assuntos extra-campo, e por isso tem colesterol acima da média. Debate ideias, não pessoas.
NELSON ALMEIDA via Getty Images

'Nosso furacão tu és sempre um vencedor'

Não há palavras ou idioma que expliquem a tragédia ocorrida com a delegação da Chapecoense e demais passageiros do fatídico voo 2933 da LaMia. Diante da dor do torcedor que sonhava com um título inédito para um clube do oeste catarinense; ou de familiares que vibravam com ascensão profissional de seus maridos, pais, filhos, netos; só nos resta dar o ombro em solidariedade e chorarmos juntos.
29/11/2016 19:16 -02
ASSOCIATED PRESS

A babaquice de apagar a Chama Olímpica

Eu sei que você é contra toda essa "papagaiada olímpica" que o Brasil está vivenciando, em especial o revezamento da Chama Olímpica. Também não lhe culpo por não entender a simbologia olímpica e compreendo perfeitamente os seus argumentos com relação às despesas do evento olímpico.
08/07/2016 17:12 -03
Marcos Brindicci / Reuters

Tite irá salvar a Seleção, não o futebol brasileiro

Minha incredulidade em mudanças estruturais se dá pelo simples fato de que a CBF não tem como prioridade a adequação do calendário do futebol brasileiro ao internacional; além de ser pouco rígida com relação ao fair play financeiro e à distribuição das cotas de televisão. Dessa forma, Tite enquanto treinador poderá salvar a seleção. O que dói na alma é saber que ela novamente será o "engana bobo" do torcedor brasileiro.
17/06/2016 13:31 -03
Ueslei Marcelino / Reuters

A Olimpíada: O revezamento da tocha que já uniu o Brasil

A corrida do fogo simbólico ocorre até hoje, mas sem o impacto dos seus primeiros dez anos. Se hoje, diante do momento conturbado da política brasileira as autoridades Olímpicas esperam unir o país com o revezamento da chama Olímpica dos Jogos Rio 2016; a história da corrida do fogo simbólico nos mostra que é preciso um contexto diferenciado e muito mais do que "espírito olímpico" para que isso ocorra no Brasil.
10/05/2016 19:10 -03
Lucas Uebel via Getty Images

Nasce um herói no Grêmio: Miller Bolaños

Quando são colocados à prova, não decepcionam. E quando estão feridos, ignoram a dor e demonstram capacidade de superação. Miller Bolaños nasce como herói gremista. A mandíbula fraturada em duas partes é o capítulo da história em que ele se tornará ainda mais forte para ajudar o Grêmio a conquistar o tão sonhado título da Libertadores.
07/04/2016 11:09 -03
ASSOCIATED PRESS

Panama Papers: A seleção do submundo fiscal tem Messi como capitão

A nossa identidade nacional está ferida pelos "Panama Papers". De acordo com esses documentos, revelados pelo Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos, a corrupção é global. E você aí pensando que a Operação Lava Jato era a maior investigação do mundo e que a corrupção era exclusividade do Brasil. Tsc, tsc, tsc...
05/04/2016 12:09 -03
CHRISTOPHE SIMON via Getty Images

Seleção Brasileira: falta de boa 'ventura' não justifica polêmica do hotel

A sociedade brasileira está em ebulição devido ao cenário político. Escândalos de corrupção e artimanhas políticas estão cada vez mais evidentes, o que faz qualquer entidade pública ou privada do país se precaver; evitando atitudes duvidosas que coloquem em risco sua marca. Assim, quando a seleção brasileira anunciou sua preparação para o jogo contra o Paraguai no Hotel Vila Ventura, na região metropolitana de Porto Alegre e cujo um dos sócios é o auxiliar pontual de Dunga; faltou, no mínimo, bom senso dos profissionais da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).
05/04/2016 11:56 -03
Rekha Garton / Alamy

Adeus, pay-per-view? Olá, Periscope e Meerkat!

A tão aguardada luta entre Floyd Mayweather e Manny Pacquiao escancarou o que muitas emissoras de eventos esportivos temiam: a transmissão "pirateada" de eventos através de aplicativos de celular. A luta foi o evento esportivo mais pirateado no mundo por espectadores. E se essa moda pega no Brasil?
07/05/2015 17:03 -03
reprodução

Uma resposta à presidente Dilma

Promessas, promessas e mais promessas é o que a sociedade brasileira não sustenta mais. Então, presidente Dilma, faça parte desse processo de transformação politico-social que estamos vivendo. Não prometa mais, cumpra suas promessas. Pense em implementar leis que visam à educação, principalmente educação política da nossa população. Assim as futuras gerações irão ter melhor entendimento do que representam as eleições.
13/03/2015 12:51 -03