profile image

Ligia Moreiras Sena

Cientista e mãe, escritora do blog Cientista Que Virou Mãe

Bióloga, mestre em Psicobiologia, doutora em Ciências, doutoranda em Saúde Coletiva, autora do blog Cientista Que Virou Mãe e do livro "Educar sem violência - criando filhos sem palmadas" e mãe da Clara. Pesquisadora dos impactos da violência na saúde, especialmente a violência obstétrica, que acontece com mulheres no momento do parto e da medicalização da vida.
by John Carleton via Getty Images

As brasileiras preferem o parto normal

Uma revisão sistemática, envolvendo 38 outros estudos, indicou uma taxa de preferência pela cesariana de apenas 15,6%, valor que aumenta entre mulheres com cesariana anterior e entre as que moram em países de renda média. E sabe por que a MAIORIA prefere parto normal? Dois dos principais motivos são: a recuperação mais rápida e a muito maior satisfação com a experiência de nascimento de seus filhos.
13/03/2015 11:50 -03
Renate Flynn/Flickr

'Mãe, a culpa é sua'

As perguntas feitas à mãe do estudante morto no sábado foram extremamente culpabilizantes. Vejo não um jornalista as fazendo, mas um investigador policial. O tom das respostas de Dona Olinda são de justificativa, de busca de uma suposta mea culpa, até mesmo de melancolia. E não sei como estão se sentindo agora as mães das crianças em cujas camisetas brancas e sem dizeres foram aplicados, posteriormente, com ferramentas digitais, os dizeres absurdos da empresa de Huck, ao se virem culpabilizadas pelo Tribunal Inquisidor Feicibuqueano.
04/03/2015 17:50 -03
g-stockstudio via Getty Images

Geraldo Alckmin e a violação dos direitos de mães funcionárias públicas

Que a sociedade, de mentalidade ainda muito tacanha, machista e preconceituosa, trate, de maneira geral, as mães dessa maneira predatória, pode até ser historicamente compreensível - eu não acho que seja, mas tem gente que acha. Agora, que o Estado promova, defenda e legitime práticas que excluem as mães do justo e equitativo acesso ao mercado, ou as prejudique, ou tente mantê-las em situação de defasagem, exclusão e desigualdade, aí é inaceitável. Inaceitável. Indignante. Revoltante. E passível de denúncia por promoção da violência. Contra a mulher. Contra as mães. E isso está acontecendo. No estado de São Paulo. Comandado pelo governador Geraldo Alckmin.
10/02/2015 11:28 -02
Rebecca Nelson via Getty Images

Está difícil criar filhos e filhas? Que bom.

A forma como muitas pessoas estão fazendo escolhas contra-hegemônicas, desafiando o conceito mercadológico de vida atual, desacelerando, readequando, ou ressignificando o tempo que têm com seus filhos e filhas, fazendo escolhas não muito comuns, tem me mostrado que não será preciso aguardar muito para ver a mudança.
08/01/2015 11:47 -02
Thinkstock

Devagar: crianças

Nesse mundo tão corrido, não nos esqueçamos disso: crianças também precisam descansar. Precisam de ócio, de silêncio, de contemplação. Ensinar, ainda na infância, que silêncio e solitude não são sinônimos de solidão e que calmaria nem sempre é tédio, é criar adultos que não sintam necessidade de buscar emoções a todo custo apenas para fugirem de si mesmos.
28/12/2014 16:27 -02
Jade Brookbank via Getty Images

'Desculpe-me por ser criança'

Mas olhe, vá por mim. Se nós queremos um mundo um tantinho mais bacana, menos violento, mais empático, é bobagem achar que é o outro quem vai ter que fazer isso. Ou que é "a sociedade". Não é. A sociedade é você. Sou eu. Somos nós.
13/11/2014 13:05 -02