profile image

Instituto Beta para Internet e Democracia

Direito, Política e TICs

O IBIDEM – Instituto Beta para Internet e Democracia é uma associação sem fins lucrativos cuja finalidade é atuar de forma presencial e virtual na defesa jurídica e política dos direitos fundamentais de liberdade, igualdade e fraternidade no ambiente da chamada cultura digital, manifesta na Internet e outras tecnologias de informação e comunicação.
Jasper James via Getty Images

PL Espião vai exigir mais mobilização em 2016

O ano legislativo de 2016 se inicia nesta semana, com algumas medidas provisórias e projetos de lei trancando a pauta de votações. Tão logo seja possível retomar as votações ordinárias, as atenções em matéria de tecnologia se voltarão para o risco de o Plenário aprovar o PL 215/2015, conhecido como "PL Espião".
04/02/2016 20:21 -02
James Ng Photography/Flickr

Vamos falar sobre privacidade?

Já paramos para pensar que as empresas privadas estão guardando nossos dados sem uma supervisão séria quanto à segurança dessa retenção? Quem está tendo acesso a isso tudo? Serão apenas atendentes galanteadores que não respeitam as mulheres? Mais grave: quais serão os casos em que nem ficamos sabendo que alguém teve acesso aos nossos dados?
08/06/2015 18:10 -03
Melina Manfrinatti/Flickr

Panelaço via Whatsapp: a democracia online mostra os dentes

Para lidar bem com esse novo cenário o Estado vai precisa fazer muito mais do que oba oba com a cultura digital. A possibilidade de a Internet favorecer a vivência democrática, em primeiro lugar, não deve ser tomada como um dado certo, mas sim como uma construção, que começa por investimentos pesados em infraestrutura e, como mudança de postura, exige abertura para discussão e muita dedicação
11/03/2015 12:28 -03
Getty Images

Misoginia na internet: como o Estado deve identificar e punir os machistas virtuais

Hostilidade e assédio não são novidade para as mulheres que se aventuram pela internet, da mesma forma que não são raras no mundo offline. Mas tem impressionado a intensidade do rancor machista nos foruns de discussão, conhecidos como chans e imageboards. Vamos pressupor que já há todo o debate sobre a forte misoginia que há na internet, bem como sobre a importância de fomentar uma cultura mais amigável às mulheres. Podemos ir além e começar a discutir a fundo outra questão: como identificar e punir quem propaga o ódio contra mulheres na internet?
01/03/2015 16:27 -03
Jenn and Tony Bot/Flickr

Manifesto Cluetrain: após 16 anos, famosa declaração sobre internet é atualizada

Se você é uma Pessoa da Internet, recomendo guardar um pouco do seu tempo e ler com calma todas as novas dicas desses caras, mesmo se você não conhecia o primeiro manifesto. Não são a resposta para a pergunta fundamental sobre a vida, o universo e tudo o mais, mas expressam de um jeito bem interessante, leve e divertido o desejo por um mundo melhor, com uma Rede livre de tudo que ameaça as suas maravilhas.
21/01/2015 19:00 -02
Hanne LK/Flickr/Creative Commons

'PirateBay: quem tem medo dos piratas?'

Ser contra o direito autoral na forma que ele tem hoje não significa ser contra a viabilidade econômica do trabalho artístico. Significa ser contra um modelo de negócios que tenta simular a escassez de bem físicos para permitir a exploração do trabalho de quem produz arte, à custa de uma parcela da população que pode pagar pelo que consome, excluindo todo o resto.
15/12/2014 16:58 -02