profile image

Fernanda Fantinel

Jornalista, feminista e colaboradora do site Festival Marginal

Fernanda Fantinel é jornalista, feminista e colaboradora do site Festival Marginal. Já trabalhou na Disney e na editoria de turismo, mas suas grandes paixões são política e televisão. É blogueira há 6 anos e assiste séries há, no mínimo, 10. Passa muito tempo assistindo programas de televisão e, mais ainda, escrevendo sobre eles. Gosta mais de alguns personagens do que de pessoas reais.
Montagem/Divulgação

Sem essa de rixa entre Jessica Jones e Supergirl!

O enfoque que Jessica Jones dá à sua protagonista é completamente diferente do de Supergirl: enquanto a primeira se foca no processo difícil e desgastante que sua personagem principal passa para se recuperar do trauma de um relacionamento extremamente abusivo, a outra nos mostra de um jeito leve e despretensioso como lidar com problemas do dia a dia.
07/12/2015 21:12 -02
AP Photo/Ezequiel Abiu Lopez

A desesperadora limpeza étnica que a República Dominicana está prestes a fazer

No último dia 17 se encerrou o período para regularização do visto antes que entre em vigor a nova lei de migração do país. De acordo com ela, apenas quem tem um dos pais nascidos em solo dominicano se qualifica como cidadão do país - o que significa que pessoas nascidas na República Dominicana depois de 1929, filhos de pais de outros países, serão deportados.
19/06/2015 16:42 -03
Fotografia por Jon Torres/Flickr

O que é que há de tão errado, afinal, em mostrar nossos corpos?

É para problematizar? Vamos problematizar a pressão social imposta a garotas no mundo inteiro por meio dos produtos criados por Hollywood. Vamos problematizar uma indústria que objetifica e vende mulheres diariamente, um lugar em que toda a importância da mulher está distribuída por entre os tamanhos de seus peitos, quadris e bundas. Vamos problematizar a sociedade que hiperssexualiza sistematicamente nossos corpos. Mas não as mulheres que expõem aquilo que, por definição, é delas mesmas.
20/05/2015 18:24 -03
divulgação

Filme de ação é coisa de mulher, sim!

Mad Max é um filme de ação com uma protagonista mulher, sem par romântico, que é forte, badass, complexa e corajosa. Furiosa foi criada e é fruto de uma sociedade feminina, e todas as suas características foram ensinadas a ela por outras mulheres.
19/05/2015 17:58 -03
divulgação

Por que 'Orange is the New Black' é uma série feminista

As mulheres são assumidamente o foco do programa e elas são representadas das mais diversas maneiras. Temos mulheres negras, trans, gordas, velhas, latinas, lésbicas, mulheres que são doidas para casar, outras que são apaixonadas pelas melhores amigas, mulheres que já têm netos e outras que nem sonham em ter filhos. A pluralidade de OITNB é seu maior triunfo.
29/04/2015 16:18 -03