profile image

Edianez Parente

Jornalista - TV & Artes

Jornalista formada pela PUC-SP e com MBA em Comunicação pela FGV-SP, trabalha na área de cultura e mídia desde o final dos anos 80. Atua desde 1998 na categoria de TV da APCA (Assoc. Paulista de Críticos de Artes), entidade da qual foi vice-presidente e integrante da diretoria. Foi Editora de Cultura e Variedades na Empresa Folha da Manhã S.A. (jornal Folha da Tarde), Editora Executiva da PAY-TV, Editora de Programação e Conteúdo da Tela Viva, Editora-Adjunta e Editora de Mídia do jornal Meio & Mensagem.
Divulgação

A teatralidade que faz de 'Dois Irmãos' uma obra prima da televisão

Neste Dois Irmãos não há concessões das telenovelas em geral. É trabalho bem mais autoral, e o diretor opta em muitos momentos por uma linha conceitual, uma certa teatralidade. A não linearidade da obra original foi mantida no roteiro, o que causou algum estranhamento ao telespectador em especial nos capítulos iniciais, com suas idas e vindas no tempo. O horário, sempre bem após 22h, também não ajuda muito pra quem espera uma TV de contemplação, num momento quando boa parte do público vê na televisão uma forma de descanso.
13/01/2017 18:55 -02
Divulgação

Quando a justiça se transforma em vingança

Vivemos tempos estranhos, com proliferação de discursos de ódio e emprego oficial de soluções que se explicam pela necessidade de atingir objetivos sanadores, independentemente dos meios empregados. Quando a produção artística de alta qualidade começa a refletir essa tendência na forma de ficção com ampla aceitação por parte do público, o que de certa forma acaba legitimando-a, nunca é demais lembrar que a realidade é bastante dura e sempre, sempre pode piorar.
29/09/2016 17:10 -03
Ellen Soares/Gshow

'Justiça' é o nosso mundo cão com verniz cult

Justiça traz histórias muito semelhantes àquelas que recheiam diariamente os telejornais de final de tarde, atraindo o telespectador e audiência para os casos policiais. Lembram as desgraças que vemos na TV do fim do expediente que nos dão assunto para lamentar a dureza da vida e que são exibidas em tom sensacionalista nos noticiários justamente pelas emissoras concorrentes da Globo. Definida pelos criadores como um trabalho de "dramaturgia documental", a série passa um verniz cult em acontecimentos trágicos desse nosso mundo cão.
07/09/2016 10:24 -03
Divulgação/TV Globo

Com 'Velho Chico', o deleite é totalmente visual

Há a casa grande na fazenda, os longos planos nas plantações de algodão, as cenas de um colorido e enquadramento meticulosos que mais parecem pinturas. Só ele faz a câmera parar numa cadeira vazia na varanda por vários segundos, quando nada acontece mas ao mesmo tempo tudo se passa. Carvalho carrega em cada episódio uma vida inteira de influência cinematográfica: os desertos e planícies de Sergio Leone, as cenas de violência à la Martin Scorsese e a dramaticidade de Francis F. Coppola. O tom dominante é o ocre poeirento, aliviado pelas águas do Nordeste - as locações aconteceram em 3 estados, do Rio Grande do Norte à Bahia, passando por Alagoas.
29/03/2016 15:23 -03
Reprodução/Facebook

Pontos de audiência na vida e na morte

Audiência é o nome do jogo e vale para todas as emissoras. Se houve de início alguma dúvida se o cantor mereceria tamanho espaço, foram as redes sociais que imediatamente deram o tom da intensidade necessária. Acostumemo-nos a isso. Cada vez mais as mídias sociais serão o termômetro do tamanho que uma história merece ou não ter na TV.
03/07/2015 15:49 -03
reprodução

Esse tal de mimimi das redes com a propaganda

A explosão no uso das redes sociais tem provocado uma inédita alteração na mecânica de avaliação de recall das campanhas publicitárias. Nunca tanta gente, entre agências e anunciantes, teve de se explicar de forma tão imediata a respeito de suas mensagens, tanto nas mídias sociais como na imprensa.
11/06/2015 18:43 -03
agnews

Deixem a Preta Gil ser feliz para sempre!

Já vi Preta Gil arrastar uma multidão em Salvador/BA de cima de um trio elétrico lotado de homem bonito, a maioria atores de TV, enquanto ela cantava os hits do Carnaval. Lá pelas tantas, elas soltou: "Sou mulher, tenho celulite sim, e sou feliz". Pelo jeito, isso incomoda muita gente.
15/05/2015 12:07 -03
Hélvio Romero/Estadão Conteúdo

Quem mexeu no meu "naming right"?

Bastou uma passada pela programação esportiva da TV recentemente e me veio uma série de nomes com os quais não estava acostumada. Novos estádios (Arena Palmeiras, Arena Fonte Nova), times de vôlei de Osasco, Rio de Janeiro ou Minas Gerais. No automobilismo tem uma equipe já há anos voando baixo nas pistas, a RBR, e vi que agora no Campeonato Paulista de Futebol também havia um RBB.
19/04/2015 12:06 -03
Julie Danielle/Flickr

Festival de rock: na multidão ou na TV?

É importante que o caminho pavimentado pelo Rock in Rio há 30 anos siga aberto. Que as TVs negociem junto a produtores e empresários os shows para um público sempre maior, vendendo patrocínios, ajudando a máquina a girar e possibilitando a vinda dos grandes nomes e também de novas bandas para cá. Afinal, os custos das turnês seguem galopantes e é difícil para o público assimilar ingressos ainda mais caros.
02/04/2015 12:27 -03
divulgação/tv globo

Sai o Comendador, entram '#azamigas'

O fato é que tem crime, intriga, disputa, chantagem e briga entre mulheres amigas e inimigas, ou "azamigas" e "azinimigas", como se diz nas redes sociais. É o clima do "cat fight", briga das gatas, que vai dominar o folhetim. O mais memorável destes embates criados pelo autor foi entre as personagens de Malu Mader e Claudia Abreu, que foram de amigas a rivais chegando às vias de fato em "Celebridade" .
17/03/2015 17:39 -03
AOL

Mandou Whatsapp, virou notícia

Nem precisa me acusar de fazer uma defesa corporativa da profissão. Assumo que estou. A informação do público é e sempre será importante, mas ela sozinha não basta. As redes sociais estão aí para provar isto: cada um colhe e expõe o que bem entende segundo sua própria interpretação, para ganhar um "curtir" dos amigos, mesmo que não tenha nenhum compromisso com a verdade.
02/03/2015 19:08 -03
Getty Images

O que a TV brasileira tem a aprender com o Saturday Night Live

Reservei mais de três horas destes feriados de Carnaval para ver o gigantesco episódio comemorativo aos 40 anos do Saturday Night Live, tradicional humorístico norte-americano. E espero que todo diretor de TV brasileira tenha a oportunidade de ver para se inspirar. O mérito do SNL foi fazer um programa que homenageia sua própria trajetória valorizando o que de melhor exibiu ao longo de década: o talento de seus colaboradores. De tantas histórias e imagens que o SNL destacou, sempre o artista, o roteirista e até o diretor foram o centro das atenções.
20/02/2015 16:36 -02