profile image

Diogo Cabral

Advogado da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos

Advogado da Sociedade Maranhense de Direitos Humanos
aradaphotography via Getty Images

Defensores de direitos estão em risco com escalada de assassinatos no campo

O Brasil está em guerra contra camponeses, indígenas, quilombolas e lideranças de trabalhadores rurais. Seguindo o rastro de anos anteriores, os dados já consolidados em 2016 atestam intensificação de ameaças, ataques e assassinatos no campo contra Defensores de Direitos Humanos e suas organizações. Pelo menos 54 pessoas foram assassinadas este ano, segundo dados de membros do Comitê Brasileiro de Defensoras e Defensores de Direitos Humanos.
09/12/2016 18:55 -02