profile image

Dib Carneiro Neto

Dramaturgo, jornalista, crítico de teatro infantil

É crítico de teatro infantil desde 1990, membro da APCA e jurado do Prêmio FEMSA de Teatro Infantil e Jovem. Sobre teatro infantil, tem publicado o livro de críticas, análises e entrevistas chamado Pecinha é a Vovozinha e, no prelo, a sair ainda este ano, Teatro Infantil – Já Somos Grandes. Escreve críticas de teatro para crianças regularmente no site da revista Crescer, da editora Globo. Como jornalista, atuou principalmente como editor-chefe do Caderno 2 do jornal O Estado de S.Paulo, até fevereiro de 2011. Para teatro, escreveu "Adivinhe Quem Vem para Rezar", com Paulo Autran e Claudio Fontana no elenco, e "Salmo 91", peça pela qual ganhou o Prêmio Shell de melhor dramaturgo de 2007 em São Paulo. Ainda para o teatro traduziu do francês a peça "Calígula", de Albert Camus, montada em 2009 e 2010 com direção de Gabriel Villela e, no papel-título, Thiago Lacerda. Em junho de 2011, estreou no Rio e, em seguida em São Paulo, sua adaptação teatral do romance "Crônica da Casa Assassinada", de Lúcio Cardoso, também com direção de Gabriel Villela. Em outubro do mesmo ano, estreou em São Paulo sua adaptação para o best seller juvenil "Depois Daquela Viagem". Em janeiro de 2014, estreou em São Paulo, no Tucarena, sua peça "Um Réquiem para Antonio", sobre a lendária inveja de Salieri por Mozart.