profile image

Danielle Lopes

Jornalista e mestre em História Social, é coordenadora de projetos do Promundo

É coordenadora de projetos do Promundo desde 2011, atuando em projetos voltados à formação de profissionais de saúde e educação em temas como promoção da equidade de gênero, direitos sexuais e direitos reprodutivos e em projetos de enfrentamento da exploração sexual e comercial de crianças e adolescentes. É graduada em Comunicação Social com habilitação em Jornalismo e mestrado em História Social pela Universidade Federal Fluminense.
MÁRCIO FERNANDES/ESTADÃO CONTEÚDO

Empresas também devem ajudar a combater a exploração sexual de crianças e adolescentes

Quando se estabelece em um território, uma grande empresa ou uma grande obra atuam de forma determinante sobre o contexto local. Em áreas com tão impactante crescimento do fluxo de trabalhadores, são relatados, por exemplo, aumento da sensação de insegurança para mulheres em vias públicas, existência de tensões e situações de violência entre homens locais e migrantes e percepção de aumento de casos de exploração sexual de crianças e adolescentes.
16/05/2015 11:55 -03