profile image

Atitude Abril

Vamos, juntos, ajudar a diminuir a Aids no Brasil?

www.atitudeabril.com.br A Aids não acabou. E cresce. São 35 milhões de infectados no mundo, 718 mil só no Brasil. A cura ainda não veio. Após mais de 30 anos do 1º caso no país, há ainda milhares de mortes e quase 40 mil novos casos todos os anos - e crescendo de forma acentuada entre adolescentes e adultos com mais de 50 anos. Para ajudar a mudar esta realidade, nós da Abril lançamos uma grande campanha na internet e em nossas revistas. E convidamos todos os nossos mais de 50 milhões de seguidores nas redes a virem com a gente. Vamos discutir sexo, ciência, tecnologia, comportamento e preconceito durante todo este ano. Curta a página Atitude Abril e participe! A Aids está muito perto de todos nós. E quanto mais soubermos sobre ela, melhor fica a nossa vida. #AtitudeAbril
Divulgação

Ele quer levar mais poesia para o sexo

Imprimir pequenos textos poéticos em embalagens de preservativo foi a forma que ele encontrou para colaborar com o movimento de combate à Aids e às DST. É com a ideia de prevenção na cabeça e muita camisinha poética na sacola que o escritor transita por muitos eventos e lugares no Brasil e fora dele.
25/02/2015 18:42 -03
divulgação

Desinformação tem cura: corrida contra o preconceito

Manaus é um paraíso tupiniquim no centro da Amazônia, mas essa linda cidade também concentra 85% dos diagnósticos de HIV do estado do Amazonas, 2º lugar dentre os estados com maior taxa de detecção da doença e 3º na lista dos com maiores coeficientes de morte.
09/12/2014 18:52 -02
Reprodução/Youtube

'Vamos conversar sobre HIV?'

É importante ressaltar que existem populações mais vulneráveis à doença como gays, profissionais do sexo, transexuais e usuários de drogas, mas independente da nossa idade, orientação sexual, raça, ou se somos corintianos ou palmeirenses: somos todos vulneráveis ao HIV.
04/12/2014 15:55 -02
Divulgação/Atitude Abril

"Temos de perder o medo do HIV"

Quando começamos a gostar de alguém, jamais vamos imaginar que a pessoa tem HIV. Parece algo tão distante, fora do mundo. Depois de conhecer F., comecei a desejar um mundo em que ter o vírus não signifique ser um pária, sentir vergonha, ter de se esconder.
22/10/2014 19:26 -02
Divulgação

Por que abraçamos a luta contra a Aids

Todo mundo sempre diz que jornalista tem vontade mudar o mundo e na Abril isso não é diferente. Temos isso no nosso DNA e batalhamos muito pelas causas que acreditamos. Criamos o Planeta Sustentável, para falar de sustentabilidade e o Educar para Crescer, para abordar os temas relacionados a educação. E com esse espírito, vimos que havia um assunto importante sendo deixado de lado: a luta contra a Aids.
18/07/2014 10:59 -03