profile image

Ari Friedenbach

Advogado e vereador em São Paulo (PROS)

Ari Friedenbach nasceu no bairro de Higienópolis, na capital paulista, em 02 de agosto de 1960. Advogado Cível e Trabalhista formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), foi membro da Comissão dos Direitos da Criança e do Adolescente da OAB São Paulo entre os anos de 2007 e 2009. Em 2011, coordenou o Selo Paulista da Diversidade, programa da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) criado para estimular as organizações públicas e privadas a introduzir o tema diversidade no ambiente de trabalho e promover a inclusão profissional de grupos vulneráveis no mercado de trabalho. Também prestando serviços à secretaria, Ari representou a SERT em Comissões Municipais de Emprego, da Pessoa com Deficiência, do Trabalho Decente e na Comissão Estadual Antidrogas. Em permanente atividade na sociedade civil, ele ocupa cargo de Conselheiro do Clube Hebraica de São Paulo e é Consultor da Presidência do clube. A trajetória política de Ari começou após a tragédia que atingiu sua família em 2003, quando a filha dele, Liana Friedenbach, de 16 anos, foi assassinada. Participando de grupos da sociedade civil que combatem a impunidade, Ari Friedenbach iniciou um trabalho pela segurança e para evitar que outras famílias brasileiras vivam o mesmo drama que a dele. Em 2010, filiou-se ao Partido Popular Socialista (PPS) e foi candidato ao cargo de Deputado Federal debatendo questões relativas às políticas públicas voltadas à segurança. Ele obteve mais de 86 mil votos no Estado de São Paulo. A expressiva votação não foi suficiente para a eleição, mas mostrou o potencial de Ari para se firmar como representante político de grande parcela da população. Em 2012, Ari foi eleito para exercer seu primeiro mandato como vereador por São Paulo. Assumiu o cargo em janeiro de 2013 com a missão de trabalhar no combate à violência, ou seja, Pelo Direito de Viver Sem Medo. Dedica grande esforço para melhorar a cada dia as condições de trabalho da Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo, e consequentemente de segurança na cidade, e nas políticas públicas voltadas à Educação e à formação dos jovens. Em outubro de 2013, Ari Friedenbach deixou o PPS para integrar o recém-criado Partido Republicano da Ordem Social (PROS). Assumiu a presidência do diretório municipal do PROS em São Paulo e coordena a estruturação e o desenvolvimento do partido na maior cidade do país.