profile image

André Azevedo da Fonseca

Professor e pesquisador na Universidade Estadual de Londrina

André Azevedo da Fonseca é jornalista, professor e pesquisador no Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA) da Universidade Estadual de Londrina (UEL). É doutor em História (Unesp) com pós-doutorado no Programa Avançado de Cultura Contemporânea (PACC/UFRJ).
shutterstock

Qual o verdadeiro papel dos 'haters' na internet?

Haters são um dos fenômenos mais discutidos nas redes sociais. Obsessivos e incondicionalmente ranzinzas, essa multidão solitária inviabiliza qualquer debate ao substituir argumentos por uma avalanche de ofensas gratuitas, memes e discursos de ódio. Haters tendem a ser compulsivos e dedicam parte significativa de seu tempo (e de sua vida) para disseminar a sua antipatia em sites de notícia, blogs e redes sociais.
23/11/2016 13:51 -02
David Sacks via Getty Images

Ensinar alguém exige alegria e esperança

Quem tem esperança não cruza os braços dizendo que "as coisas não têm jeito", ou que "a realidade é assim mesmo". O discurso que induz as pessoas à acomodação, ao silêncio e à imobilidade; aquele discurso que elogia o indivíduo passivo que aceita resignado as suas péssimas condições, é um discurso que nega a humanização que a educação deveria inspirar.
14/11/2016 17:19 -02
Klaus Vedfelt via Getty Images

E se o modelo de escolas atual não existisse?

Concordando ou não, o pensamento de Ivan Illich oferece uma crítica estimulante para um debate amplo, corajoso e radical sobre as mais diversas dimensões do problema da educação no século 21 - das relações entre cultura, cidadania, urbanismo e educação, às questões relacionadas à distribuição de renda em políticas sociais. Negligenciar as suas reflexões é apenas uma forma de fugir de problemas históricos que infelizmente têm sido desconsiderados no debate sobre políticas educacionais.
21/10/2016 13:47 -02
MIGUEL SCHINCARIOL via Getty Images

Luta em defesa dos educadores é pedagógica

A luta pela dignidade da profissão, que ainda é tão desrespeitada, desprestigiada e, nos últimos tempos, até mesmo ameaçada por projetos de lei que propõem a criminalização de professores; esse respeito a si mesmo é tão indispensável à prática pedagógica quanto o respeito que o professor deve cultivar pela identidade dos alunos.
01/06/2016 18:50 -03
ASSOCIATED PRESS

Para entender o mito das teorias da conspiração

Capitalistas contra comunistas. Antissemitas contra judeus. Liberais contra socialistas. Nazistas contra comunistas e vice versa. Todas as doutrinas ideológicas se empenharam para utilizar esses tipos de imagens para carregar o inimigo com um espectro sombrio, maléfico e diabólico.
07/04/2016 18:46 -03