OPINIÃO

Prefeitura de SP usará app para cidadãos informarem problemas com a iluminação

01/04/2015 12:35 -03 | Atualizado 26/01/2017 21:43 -02
reprodução

Nós estamos engatinhando em termos de governo digital (sendo generosa). Alguns governos já se deram conta dos benefícios em conectar digitalmente o cidadão aos serviços governamentais e da participação popular na gestão pública (das cidades, especialmente). Um bom exemplo é o Reino Unido, que já está economizando 60 milhões de libras ao ano com seu projeto de transformar o governo em uma plataforma centrada no usuário (leia-se cidadão).

Tudo fica melhor ainda com a participação das pessoas, tanto no desenvolvimento de novas plataformas, quanto no oferecimento de ferramentas que envolvem os cidadãos na gestão das cidades. Nesse âmbito, os EUA avançaram muito nos últimos anos.

De vez em quando aparece uma iniciativa por aqui.

Nesta semana a prefeitura de São Paulo anunciou o uso do aplicativo TakeVista para que os moradores possam informar problemas de iluminação na cidade. Desde lâmpadas queimadas ou lâmpadas acesas durante o dia a ruas mal iluminadas.

O funcionamento é simples: basta tirar uma foto e utilizar a hashtag #iluminacaopublica. O aplicativo identifica as coordenadas geográficas e a demanda é diretamente encaminhada para o departamento de Iluminação Pública (Ilume). É possível também descrever o problema.

É pouco, muito pouco, é pouquíssimo. Mas é uma forma da gente ser e se sentir mais cidadão. Afinal, a cidade é nossa, não é do prefeito. Além disso, participar da cidade alimenta a cultura cidadã e constrói, aos poucos, uma cidade melhor para todos.

E, quem sabe, se usarmos bastante eles não ampliam a iniciativa?

O aplicativo está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Eu já baixei.