OPINIÃO

Professores democráticos devem encorajar a crítica dos alunos

16/07/2015 16:36 -03 | Atualizado 26/01/2017 22:53 -02
Ariel Skelley

Um educador verdadeiramente democrático é aquele que ajuda a fortalecer a criatividade dos estudantes e aquele que não apenas tolera, mas encoraja o questionamento, o debate e a crítica dos alunos ao conteúdo da matéria.

E justamente por isso, uma de suas tarefas primordiais é trabalhar com os estudantes a rigorosidade metódica com que eles devem se aproximar dos objetos de conhecimento.

Essa rigorosidade não tem nada a ver com o discurso de transferir conhecimento. O ato de ensinar não se esgota no oferecimento superficial do conteúdo, mas ele só se realiza quando cria as condições para a aprendizagem crítica.

E uma das condições para esse aprendizado é a consciência por parte dos alunos que a experiência do raciocínio do professor não pode ser simplesmente transferida a eles. Os próprios alunos também devem vivenciar a ação de construir e reconstruir o saber ao lado do educador, e não submisso a ele.

Veja mais no vídeo

A série Pedagogia da Autonomia apresenta didaticamente cada um dos capítulos e subcapítulos do livro de Paulo Freire. Para acompanhar os vídeos, inscreva-se no canal do prof. André Azevedo da Fonseca no YouTube ou favorite este blog para receber as notificações.

Confira a lista completa dos vídeos sobre Paulo Freire