OPINIÃO

Ensinar exige respeito e estímulo à autonomia dos alunos

02/05/2016 11:39 BRT | Atualizado 27/01/2017 00:31 BRST
Caiaimage/Sam Edwards via Getty Images
Students taking notes in adult education classroom

Sabe aquele professor que ironiza o aluno, que minimiza as suas necessidades, que manda o estudante calar a boca quando porventura manifesta uma opinião diferente, ou que assume uma postura hostil quando a turma aponta uma injustiça que ele cometeu?

E por outro lado, sabe também quando o professor deixa de estabelecer aquelas regras necessárias que impõem limites para que os alunos assumam a sua responsabilidade e mantenham uma relação respeitosa com o próprio professor e com os colegas?

Tanto o professor autoritário, que sufoca a liberdade e nega o direito à curiosidade, quanto aquele professor leniente que abandona suas responsabilidades e desiste de ensinar, ambos transgridem os princípios fundamentais da ética.

Veja mais no vídeo

LEIA MAIS:

- Ensinar exige a consciência da imperfeição humana

- Como são forjados os mitos políticos?

Também no HuffPost Brasil:

Casamento gay é aprovado e os EUA comemoram