OPINIÃO

O mundo na palma das mãos

26/08/2015 18:45 -03 | Atualizado 27/01/2017 00:31 -02
Reprodução/Warner Bros

Anos atrás, o mundo imaginava como seria ter o controle de tudo na palma das mãos. Desenhos futuristas, como "Os Jetsons", já mostravam equipamentos automatizados e uma vida com as facilidades da tecnologia. Mas como é de fato viver no futuro? É poder sair do trabalho em uma sexta-feira, decidir passar o fim de semana no litoral e em segundos, fazer uma reserva por meio de um smartphone.

Realizar compras, fazer reservas e pedir serviços via dispositivos móveis não é mais uma alusão ao futuro, mas uma realidade do presente. Segundo uma pesquisa realizada pelo Criteo no segundo trimestre deste ano, mais de 30% do e-commerce dos Estados Unidos veio por meio de tablets e smartphones. No Brasil, isso aconteceu em 14% do comércio eletrônico.

A mudança de comportamento da população mundial se deve ao fato de ter cada vez menos tempo para ir às compras, de pesquisar em diversos estabelecimentos, de querer as coisas de imediato e, em suma, querer comodidade.

Fatores como o aumento das telas dos smartphones, como as do IPhone 6 e o Samsung Galaxy, contribuem para que os consumidores se sintam mais confortáveis ao realizar pedidos.

De olho nesta tendência consolidada, as empresas passaram a investir em sites voltados para o m-commerce, assim como aplicativos, que além de manter uma relação mais próxima com o usuário, o fidelizam. Os apps conseguem dar ao usuário mais do que uma simples relação de compra, mas uma experiência com a marca.

Outro fator importante é que os aplicativos já são pensados em sua essência para a fácil navegação em dispositivos móveis. Isso facilita a vida do usuário, que visita mais produtos do que se tivesse em um site adaptado para o mobile.

Essa é a prova de que é a hora de apostar em soluções cross device e mobile, pois os hábitos de consumo estão se modernizando.

Conseguir alcançar os usuários em seus diversos pontos de acesso (desktop, redes sociais, e mobile) e conectá-los à sua marca são os grandes desafios desta era.

Aqueles que acompanharem essa mudança com certeza colherão bons frutos; afinal, vivemos o futuro.

MAIS TECNOLOGIA NO BRASIL POST:

Tecnologias de Dragon Ball que gostaríamos de ter na vida real


SIGA NOSSAS REDES SOCIAIS: