COMPORTAMENTO
05/01/2018 19:27 -02 | Atualizado 05/01/2018 19:27 -02

Dia de Reis: Conheça a tradição católica da data

É hora de desmontar as árvores de Natal e guardar o presépio. Conheça a história por trás desta data

Verônica Manevy/ Imprensa MG/Fotos Públicas
Dia de Reis é comemorado no Brasil e no mundo.

Neste sábado (6) é celebrado o Dia de Santos Reis, ou Dia de Reis, data que marca oficialmente o fim dos festejos natalinos. É chegada a hora de desmontar as árvores de natal e guardar o presépio para ser usado no ano seguinte. Mas você conhece a tradição por trás desta data?

De acordo com a cultura católica, o Dia de Santos Reis é lembrado como o momento em que o recém-nascido Jesus Cristo recebe a visita dos Três Reis Magos, Gaspar, Belchior e Baltazar. Esse dia costumava encerrar as festividades de Natal no período litúrgico da Igreja, e a tradição se manteve como o dia de desmontar as decorações de fim de ano por parte dos devotos.

Os Reis Magos partiram do Oriente Médio e, guiados pela Estrela de Belém, encontraram-se com Maria, José e seu filho. O caminho foi percorrido a pé, por isso os Reis Magos demoraram cerca de 12 dias até conhecerem o menino Jesus.

Cada um havia partido de uma região e levou um presente especial para o filho de Deus. Esses iténs se tornaram símbolos da celebração do Dia de Reis.

Gaspar morava em alguma localidade próxima a Ásia e presentou Jesus com um incenso. O composto aromático afastava os insetos e marcava a espiritualidade.

Belquior levou ouro de origem europeia. A preciosidade, naquela época, era oferecida apenas aos filhos dos deuses e simbolizava a riqueza e a realeza.

Já Balthazar ofereceu a mirra, trazida da África. O óleo extraído da planta servia como base para preparar medicamentos.

Dos presentes dos Reis Magos oferecidos a Jesus é que surge a tradição de, todo Natal, as pessoas presentearem seus familiares e amigos queridos.

Porém, não se sabe ao certo se os Reis Magos eram de fatos magos ou apenas um grupo de sacerdotes. Mas desde então, o dia seis de janeiro é festejado ao redor do mundo.

Em Portugal, por exemplo, a data possui uma iguaria específica: O bolo-rei, feito com castanhas e frutas cristalizadas.

Zakharova_Natalia via Getty Images
Bolo-Rei é uma iguaria tradicional do Dia de Reis.

Em algumas cidades da Espanha, o Dia dos Reis é tão celebrado quanto o próprio Natal. A população organiza desfiles, com direito a muitas fantasias, vinhos e festa.

CRISTINA QUICLER via Getty Images
Dia dos Reis na Espanha.

As crianças aproveitam a oportunidade para enviarem cartas aos Reis Magos. Em troca, elas recebem presentes.

JOSEP LAGO via Getty Images
O Dia dos Reis na Espanha.

Folia de Reis

No Brasil acontece a Folia de Reis. Uma comissão formada por músicos e dançarinos visita a casa dos devotos da tradição católica, principalmente em cidades de interiores.

Verônica Manevy/ Imprensa MG/Fotos Públicas
Folia de Reis em Belo Horizonte.

A visitação começa no dia 24 de dezembro e acaba em seis de janeiro. Em alguns estados, como Minas Gerais, a tradição já dura mais de 300 anos e se tornou patrimônio cultural imaterial.

A Folia de Reis também recebe o nome de Reisado ou Festa de Santo Reis e cada comissão é formada pelo mestre ou embaixador, o contramestre, os três reis magos, os palhaços, os alfeires e os foliões.

Os desfiles são embalados com apresentações teatrais, muita música e fantasias coloridas.