COMPORTAMENTO
29/12/2017 15:55 -02 | Atualizado 29/12/2017 15:56 -02

5 tipos de amigas -- e como lidar com cada uma delas

A autora de "Woodbirds" revela como navegar diferentes amizades.

TRINA DALZIEL/GETTY IMAGES
Cada amiga tem uma personalidade distinta.

Nem todas as amizades são criadas iguais; isto é, embora você possa valorizar suas amigas igualmente, cada pessoa tem um estilo de amizade distinto. Se você já deixou alguma amiga furiosa e não sabia o porquê, é provável que você estivesse interagindo com ela de uma maneira que funcionou bem com outra pessoa (ou várias). O mesmo pode acontecer ao contrário: às vezes você se sentirá rejeitado por uma amiga que não entende seus sentimentos feridos. O estilo de amizade de todos é diferente -- incluindo o seu --, o que pode mudar quando novos elementos, como trabalho, família, escola ou amor, entram em cena. O truque para fazer funcionar uma amizade é descobrir o que cada uma delas te traz e o que cada uma pede.

1) A Segunda Irmã

Essa amiga considera as mulheres de sua vida social uma extensão da sua família. Ela mantém um círculo fechado de pessoas íntimas que se conhecem há bastante tempo e gosta de encontros pequenos, geralmente em sua própria casa, na de uma amiga ou num piquenique informal ou evento esportivo, onde sua turma de sempre se reúne e todos se comportam num ambiente social como se estivessem num lugar privado. Se saírem só vocês duas, ela espera uma conversa longa e significativa, que reflita o profundo conhecimento das preocupações passadas e presentes que existe entre vocês. Tenha cuidado se você encontrar com ela numa festa grande com seus outros amigos (e estranhos). Ela ficará magoada se você não separar um tempo para se concentrar nela e afirmar seu vínculo especial. Essa amizade deve ser cuidadosamente mantida e nutrida. Traz uma grande recompensa, mas requer um grande investimento. Ela cuida de você, e é melhor que você faça o mesmo por ela.

2) A companheira de atividades

Ela tem uma agenda ocupada e você também, mas quando ela está procurando alguém para levá-la a uma abertura de exposição, uma peça de teatro, uma feira de arte, um concerto, uma palestra ou algum outro evento cultural tentador, ela vai te convidar (e você devolve o favor). Para evitar mal-entendidos, reconheça que nenhuma de vocês conta com a outra para apoio emocional constante. Mas vocês se consideram mutuamente uma ótima companhia. Quando vocês estão passeando juntas, vão fofocar sobre amigos em comum e contar as novidades de suas respectivas vidas. É uma amizade sem grandes compromissos, feita para camaradagem, não para crise. Seu objetivo é dobrar a diversão das atividades que vocês curtem.

3) A que aparece e desaparece

Você a conheceu desde os 5 anos de idade -- ou talvez ela seja sua primeira amiga da vida adulta --, mas ela basicamente sumiu do mapa. Talvez esteja sobrecarregada por responsabilidades -- como cuidar de crianças pequenas, gerenciar uma carreira exigente ou cuidar de pais idosos -- e você quase nunca mais a encontra pessoalmente. (Talvez ela tenha mudado para outra cidade.) Quando você se conectam, entretanto, é como se o tempo não tivesse passado. Mesmo assim, muito tempo pode passar antes de vocês se conectarem de novo. Nesses casos, é fácil sentir tristeza ou até mesmo ressentimento -- especialmente se vocês duas moram na mesma cidade e ela nunca parece capaz de encontrar um tempo para vocês se verem. Não vale a pena fazer sua parte na amizade, se ela não retribuir o interesse, ou se seu próprio interesse por ela diminuiu. Mas se ela se mantém em contato, e se, quando vocês estão juntas, você ainda vê as mesmas qualidades que fizeram brotar a amizade, espere. Penélope esperou Odisseu por 20 anos; jornadas pessoais podem criar desvios que não têm nada a ver com consideração por você. Se ela não te dá pouca atenção -- está apenas sobrecarregada, vale a pena esperar.

4) A cheia de estilo

Ela possui um toque e um gosto de tirar o fôlego, e também tem o dinheiro (ou a dedicação) para achar roupas e sapatos deslumbrantes, enquanto você veste o que achou ou o que está servindo. Pode ser difícil não se sentir como a mal-arrumada da dupla, mas ela tem uma paixão e um conhecimento que podem te ajudar a encontrar seu próprio estilo (e ela terá a coragem de dizer quando um look não funciona). Você, por sua vez, pode lembrá-la de que o que está dentro importa mais do que o que está fora. (Além disso, quando enjoa daquela última roupa incrível, ela pode simplesmente passá-la para você).

5) A amiga flex

Ela liga, ela não liga, você liga, você não liga; ninguém se importa, porque vocês estão sempre no mesmo comprimento de onda. Vocês duas têm muitos grupos de amigos; alguns se sobrepõem, outros não. Vocês podem ser consideradas irritantes para os outros, de maneiras diferentes, mas não percebem porque suas falhas são complementares. É a sorte que coloca uma amiga tão flexível em seu caminho. Outra palavra para amiga flex: melhor amiga.

Liesl Schillinger é autora de Wordbirds e tradutora de A Dama das Camélias, de Alexandre Dumas, entre outras obras de ficção.

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost US e traduzido do inglês.

Amizades ontem e hoje em 30 lindas imagens