MUNDO
11/12/2017 12:09 -02 | Atualizado 11/12/2017 12:09 -02

O que se sabe até agora sobre a explosão no terminal de NY?

A polícia de Nova York deteve um homem suspeito de relação com a explosão.

Anadolu Agency via Getty Images
Polícia de Nova York investiga explosão no terminal rodoviário de Port Authority.

Uma explosão ocorreu nesta segunda-feira (11), no terminal rodoviário de Port Authority, localizado na cidade de Nova York e considerado o maior do mundo.

Testemunhas relataram cenas de pânico no local e a polícia de Nova York confirmou que foi acionada para atender um chamado entre a 24ª e a 8ª Avenida em Manhattan. As linhas A, C e E do metrô foram evacuadas e tiveram os serviços interrompidos. A origem da explosão ainda é desconhecida, mas há fortes indícios de que tenha sido causada por uma bomba de fabricação artesanal.

A imprensa dos Estados Unidos relatou que a bomba teria sido detonada "antes da hora" programada. A polícia de Nova York anunciou que mantém um homem sob custódia, suspeito de relação com a explosão. Ele seria o único ferido no incidente, mas ainda não há um balanço oficial e muitas testemunhas relataram que outras pessoas teriam se machucado.

Jornais da cidade também publicaram que o suspeito teria um colete de explosivos. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi infomado da explosão, de acordo com a porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

O terminal rodoviário de Port Authority fica bem no centro de Manhattan, perto da loja do famoso confeiteiro Buddy Valastro, a Carlos Bakery, da sede do jornal "The News York Times" e da Times Square, um dos maiores pontos turísticos da cidade. O Port Authority Bus Terminal é o maior terminal rodoviário do mundo. Ele entrou em funcionamento em 15 de dezembro de 1950.

Atentado no metrô de Longres