MULHERES

Prêmio Avon: Karol Conka, maquiagem e representatividade

O evento premiou cinco novos profissionais da área em uma noite de beleza e música

27/11/2017 16:47 -02 | Atualizado 27/11/2017 16:47 -02
Helena Yoshioka / Avon
Karol Conka se apresentou no palco do Prêmio Avon

Uma noite de quinta-feira terminou em festa por causa de uma premiação que celebra, acima de tudo, a visão artística do que é beleza. Essa é a proposta do Prêmio Avon, que aconteceu na última quinta-feira, dia 23 de novembro, e que premiou novos talentos da maquiagem.

Em sua 22ª edição, o evento este ano aconteceu na Bienal do Ibirapuera, e, entre mesas de maquiagem que serviram como palco para a última prova entre os finalistas, os convidados se divertiram com a apresentação de Marisa Orth e dançaram ao som de Karol Conká e o Dream Team do Passinho, que levaram o rap e o funk para o palco.

Karol, aliás, é uma das garotas-propagandas da marca de maquiagem, e reconhece a importância de estar em um evento como esse – como mulher negra, a representatividade de ver alguém como ela ali também merece ser celebrada.

"Eu me sinto muito honrada. É uma responsabilidade grande [representar as mulheres negras]. Mas eu me sinto merecedora também. Eu encaro isso com muito pé no chão. Eu acho que é um momento de reeducação cultural, em todas as áreas do Brasil e fazer parte disso é muito bom, para mim", disse ela.

O evento premiou cinco profissionais diferentes, com áreas de atuação distintas: artes performáticas, audiovisual, editorial, publicidade e social. Cada um dos vencedores subiu ao palco com o rosto recheado de surpresa e os ombros mais leves pelo alívio de serem reconhecidos pelo trabalho duro.

Juliano Cazarré, que já trabalhou com a Avon no passado e também foi um dos convidados da noite, explicou o que um evento desse porte significa para o mercado de trabalho artístico.

"Desde 2004, 2005, que eu vejo os colegas maquiadores falando da importância do Prêmio Avon. Eles sabem como é relevante para a carreira deles esse prêmio. É um dos poucos que tem essa vertente da maquiagem de cinema... Eu fico muito feliz de prestigiar esses amigos. É uma galera que a gente sempre tem um contato muito forte, ali no cinema, na TV, no teatro... Eu fico muito feliz de prestigiar essas pessoas que nem sempre são reconhecidas nos prêmios de cinema. E eu acho que eles merecem. Os maquiadores, caracterizadores e cabeleireiros são fundamentais para a nossa arte", disse ao passar pelo tapete vermelho.

Confira, abaixo, os vencedores do Prêmio Avon deste ano:

Má Merighi (Artes Performáticas)

Auri Mota (Audiovisual)

Will Vieira (Editorial)

Felipe Ramirez (Publicidade)

Rodrigo Ramas (Social)