ENTRETENIMENTO

'Cara Gente Branca': A história de Dandara e Zumbi dos Palmares, segundo a série da Netflix

"Eu tenho uma história de super herói pra contar."

21/11/2017 15:33 -02 | Atualizado 21/11/2017 15:43 -02
Montagem/Divulgação
"Por que não tem um filme sobre Zumbi em produção? Isso seria f**a!”

Os fãs de Cara Gente Branca (Dear White People) foram surpreendidos nesta segunda-feira (20) com uma ação da série da Netflix feita especialmente para o Brasil.

Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, a protagonista da trama, Samantha (Logan Browning), apresenta a história de Zumbi, líder do quilombo dos Palmares, cuja trajetória deu origem ao Dia da Consciência da Negra no Brasil.

"Eu tenho uma história de super herói pra contar. Lá no século 17, existia um quilombo chamado Palmares com mais de 30 mil escravos africanos que conseguiram escapar", diz a narração da personagem no início do vídeo.

"O líder, Zumbi, era tão famoso por sua força física e suas habilidades de batalha que alguns algumas pessoas acreditavam que ele era literalmente imortal", completa Sam.

Na sequência, ela ressalta que o líder é considerado um símbolo da resistência dos escravos no Brasil, "assim como sua parceria, Dandara, também deveria ser".

A personagem também alerta que o Dia da Consciência Negra deveria ser uma data para "reconhecer as injustiças, honrar os guerreiros e relembrar as contribuições negras para a cultura do País".

Ao final, Sam alfineta:

"Aliás, por que não tem um filme sobre Zumbi em produção? Isso seria f***!"

Assista ao vídeo na íntegra:

Série baseada no filme homônimo de Justin Simien, Cara Gente Branca expõe as tensões raciais, injustiças sociais e políticas que ocorrem na universidade de Winchester, uma instituição de elite dominada por estudantes brancos.

Nesse cenário, uma das principais ativistas é Sam, que comanda um programa de rádio que incomoda muitos universitários.

Sucesso de crítica e com recepção controversa por parte do público, a série da Netflix foi renovada para uma segunda temporada com previsão de estreia para 2018.

Veja o trailer da primeira temporada no player abaixo:

Quem são as heroínas negras do Brasil