ENTRETENIMENTO

'Força motriz' do AC/DC, Malcolm Young morre aos 64 anos

O artista morreu aos 64 anos.

18/11/2017 12:02 -02 | Atualizado 18/11/2017 12:11 -02
Divulgação
O artista morreu aos 64 anos.

O músico Malcolm Young, guitarrista do AC/DC, morreu neste sábdo (18) aos 64 anos.

A notícia da despedida do artista foi compartilhada com uma mensagem emocionante na página do Facebook da banda australiana.

Na homenagem, Malcolm é lembrado como a 'força motriz' por trás do grupo, além de um homem perfeccionista, visionário e de grande comprometimento.

"Hoje é com profunda tristeza que o AC/DC tem de anunciar a morte de Malcolm Young. Malcolm, juntamente com Angus, foi o fundador e criador do AC/DC. Com uma enorme dedicação e empenho, ele era a força motriz por trás da banda. Como guitarrista, compositor e visionário, ele era um perfeccionista e um homem único. Ele sempre se apegou às suas armas e disse exatamente o que queria. Ele tinha um grande orgulho de tudo o que ele fez. Sua lealdade com os fãs foi insuperável. Como seu irmão é difícil expressar em palavras o que ele significou para mim durante a minha vida, o laço que tínhamos era único e muito especial. Ele deixa para trás um enorme legado que vai viver para sempre. Malcolm, trabalho bem feito."

Em outro comunicado, o grupo afirma que a morte de Young foi tranquila e ao lado da família.

No Twitter, fãs lamentaram a morte do guitarrista:

Em setembro de 2014, Malcolm Young, aos 61 anos, foi internado em uma casa de repouso em Sydney, Austrália, com demência.

À época, Malcolm tinha anunciado sua saída permanente do grupo dias antes do diagnóstico, mas já não tocava com a banda desde abril do mesmo ano, quando se afastou para tratar problemas de saúde 'não revelados' até então.