COMPORTAMENTO

Porque ler para crianças é um ato de amor

Ler com uma criança possibilita a criação de um laço emocional com ela

13/11/2017 16:50 -02 | Atualizado 14/11/2017 11:02 -02
FatCamera via Getty Images
A leitura ajuda no desenvolvimento da criança

Parece que com o avanço da tecnologia, os livros têm enfrentado cada vez mais concorrência. Por isso, é nossa função lembrar sobre a importância da leitura em todas as fases da vida, mas principalmente na primeira infância (entre os 0 e 5 anos), quando o desenvolvimento das crianças acontece de forma mais intensa.

O ato de ler com uma criança ou ler para ela vai muito além de apenas aproveitar uma história em conjunto. É um laço de amorosidade, porque oferece a ela ferramentas que vão ajudá-la a crescer forte e independente. É por isso que Itaú criou a campanha Leia para uma criança, dentro do programa Itaú Criança, e há 7 anos distribui livros gratuitamente por todo o Brasil como forma de estímulo e incentivo à leitura. Este ano, inclusive, a campanha atingiu o envio de 49 milhões de livros pelo país.

Se você precisa de uma motivação extra para entrar nessa rede de incentivo e adotar esse hábito em casa, fique ligado nos motivos a seguir:

1.Ler com uma criança cria um laço emocional com ela

Ler para uma criança é uma forma de se colocar mais próxima dela. A leitura serve como um momento de relaxamento, em que pais e filhos aproveitam juntos. É claro que essa leitura não deve ser vista como uma obrigação ou uma tarefa, mas um momento que vocês descobrem uma nova história, criando um laço emocional que é reforçado com o tempo.

2.Ler ajuda no desenvolvimento das capacidades cognitivas

A fala é especialmente beneficiada pela leitura. Enquanto lê um livro, a criança tem acesso a um vocabulário muito mais rico do que quando conversa com alguém. Isso é essencial no seu período de desenvolvimento, quando ela começa a brincar com palavras e aprender como são formadas. Com o tempo, esse hábito vai ajudá-la a desenvolver o foco, vai trabalhar a sua memória e criar um senso de autodisciplina, em que ela tem mais controle sobre si mesma.

3.Ensina sobre o mundo

Um livro é uma porta para o mundo. A leitura possibilita novos contatos entre a criança e a forma como o mundo funciona. Por isso é importante, nesse primeiro momento, ler com ela obras que reflitam os valores e a visão de mundo que você gostaria de transmitir a ela: uma visão inclusiva, que não vê diferenças entre as pessoas e que ensine sobre a grandeza do mundo, ao mesmo tempo que reforça a sua importância nesse contexto.

4.Livros têm lições importantes sobre a vida

Já existem inúmeros livros infantis que ensinam sobre direitos humanos e que discutem os papeis de gênero e as orientações sexuais, além das emoções que uma criança pode vir a sentir conforme cresce. Ter contato com isso é uma maneira de começar a ver as possibilidades da vida, dando a ela um entendimento melhor sobre si mesma e sobre as pessoas ao seu redor e, ainda, auxiliando no desenvolvimento da empatia – um dos sentimentos mais importantes para as relações interpessoais.

5.Incentiva o processamento de informações e a imaginação

Um estudo da Universidade de Melbourne, na Austrália, comprovou que crianças que liam com pais até seis vezes na semana tiveram notas maiores em testes de lógica e compreensão de texto, em comparação com crianças que adotaram esse hábito apenas uma ou duas vezes no mesmo período. Ler ajuda no desenvolvimento do cérebro e da sua capacidade de criar e registrar imagens, além de facilitar o pensamento lógico e estimular áreas do cérebro que trabalham essas funções.