ENTRETENIMENTO

Gilberto Gil usou 280 caracteres do Twitter para dar uma aula sobre 'Bat Macumba'

Clássico da música popular brasileira ficou conhecido na voz de Os Mutantes.

09/11/2017 12:29 -02 | Atualizado 09/11/2017 12:40 -02
Montagem/Reprodução/Instagram/Twitter
"Não é só uma canção; é uma música multimídia, poema gráfico."

Depois de testes bem-sucedidos, o Twitter duplicou o número máximo de caracteres em seus tweets. Agora os usuários podem criar mensagens com até 280 caracteres.

Algumas bandas e artistas resolveram usar a nova condição da rede social para interagir de forma divertida com os fãs.

O Iron Maiden, por exemplo, decidiu tweetar o som do coro vozes que antecede as apresentações ao vivo da música Fear Of The Dark.

Já a banda islandesa Sigur Rós tweetou um trecho da canção Svefn-g-englar. Na verdade, apenas uma palavra estendida na melodia de um dos versos.

Aqui no Brasil, Gilberto Gil foi que surpreendeu os fãs com o uso de 280 caracteres.

Na manhã desta quinta-feira (9), o astro da MPB compartilhou em seu perfil oficial o refrão de Bat Macumba, num formato que lembra poesia concreta.

A música ficou conhecida no final dos anos 1960 na voz de Os Mutantes.

Para alegria dos fãs, os tweets sobre a canção não pararam por aí. Em outras duas mensagens, o músico baiano contou sobre dos bastidores da composição da faixa.

Segundo Gil, tudo começa com ele e Caetano Veloso sentados no chão de um apartamento na avenida São Luís, no centro de São Paulo.

No tweet seguinte, Gil explica a influência do poeta Oswald de Andrade (1890-1954) na letra do que ele afirma não ser apenas uma canção.

Depois desta aula, vale a pena relembrar o clássico Bat Macumba.

Jair Rodrigues: a trajetória no samba e na MPB