NOTÍCIAS

Mais um ator acusa Kevin Spacey de assédio sexual

"Eu tive alguns encontros desagradáveis com Spacey que estão na beira do que é chamado de assédio", disse o ator mexicano Robert Cavazos.

01/11/2017 10:24 -02 | Atualizado 01/11/2017 10:24 -02
Lucas Jackson / Reuters
De acordo com Cavazos, essas situações tornaram-se "tão comuns" que "viraram uma piada (de muito mau gosto)".

Após ser acusado de abusar de um menor de idade, o ator Kevin Spacey foi alvo de mais uma acusação, dessa vez, do mexicano Robert Cavazos. Em uma postagem no Facebook na noite desta terça-feira (31), o artista informou ter passado por vários episódios do tipo com o astro de "House of Cards".

"Eu tive alguns encontros desagradáveis com Spacey que estão na beira do que é chamado de assédio. De fato, se eu fosse uma mulher, eu provavelmente não teria hesitado em identificar ele como isso, mas eu acho que a falta de uma ação mais direta ou agressiva me fez justificar aquilo como 'uma daquelas coisas'. Há muitos de nós que tem 'uma história Kevin Spacey'", escreveu o mexicano.

De acordo com Cavazos, essas situações tornaram-se "tão comuns" que "viraram uma piada (de muito mau gosto)".

"Eu não lembro quantas pessoas já me disseram a mesma história: Spacey o convidou para um encontro para 'falar sobre suas carreiras'. Quando eles foram para o teatro, ele preparou um piquenique com champanhe no palco, e tudo muito bem iluminado. Cada história varia sobre como o piquenique terminou, mas a técnica era a mesma. Mais comum ainda eram aqueles que ocorriam no bar de seu teatro", explicou o ator.

Segundo Cavazos, Spacey "me tocou pela segunda vez" no bar, mas ele afirma que "nunca deixou" que nada passasse disso. "Mas, eu sei que algumas pessoas ficaram com medo de parar aquilo", acrescentou.

Os episódios relatados ocorreram enquanto Spacey era o diretor artístico do teatro Old Vic, de Londres, cargo que desempenhou entre 2004 e 2015, segundo informações apuradas pela emissora "ABC News".

Essa é a segunda acusação contra o ator em menos de uma semana. A primeira foi de Anthony Raupp, que relatou que Spacey chegou a se jogar em cima dele quando ele tinha apenas 14 anos.

Por conta do escândalo, a Netflix informou que a atual temporada de "House of Cards" será a última e suspendeu "por tempo indeterminado" as gravações. Já o Emmy, principal prêmio para séries nos EUA, anunciou que retirou a premiação que daria a Spacey neste mês por sua carreira.

10 gays assumidos que já ganharam Osc