VIRAL

‘Toma Conta da Sua Vida’ é o hino que está ganhando o coração dos brasileiros

♫ "Toma conta da sua viiiiiiiiiida!" ♫

31/10/2017 15:23 -02 | Atualizado 31/10/2017 17:38 -02

Quatro jovens estão sentados no quintal de uma casa. Uma quinta pessoa registra em vídeo a reunião. Com palmas sincronizadas, eles realizam um número musical que desde o último final de semana não sai da cabeça dos brasileiros.

A letra da canção é simples e a qualidade vocal dos evolvidos é superior a de muitos cantores por aí. Senhoras e senhoras, com vocês, o hino Toma Conta da Sua Vida:

O vídeo de pouco mais de 1 minuto tem sido compartilhado por páginas de humor no Facebook, YouTube e Twitter desde sexta (27). E revela o principal candidato a hit das festas deste fim de ano.

No YouTube já existe até uma compilação de gravações inspiradas no meme.

Parece que Toma Conta da Sua Vida era o hino que as pessoas estavam esperando.

Já tem gente pedindo inclusão da faixa nos serviços de streaming.

O recado sincero que a canção traz tem gerado identificação nas pessoas.

Tanta identificação que tem gente agora com dificuldades de esquecê-lo.

Definitivamente, Toma Conta da Sua Vida é um hino simples e direto que está tomando conta do Brasil.

O segredo desse sucesso pode estar em um pequeno detalhe: Toma Conta da Sua Vida é uma paródia de Vencendo Vem Jesus, canção muito popular entre os evangélicos.

"Glória! Glória! Aleluia! Vencendo vem Jesus", diz os versos da música original.

Presente em hinários protestantes, a canção já foi gravada por diversos artistas do País, incluindo Nelson Ned, André Valadão e o bispo (e atual prefeito do Rio) Marcelo Crivella.

Vencendo Vem Jesus, por sua vez, é uma versão em português de The Battle Hymn of the Republic (Hino de Batalha da República), canção tradicional do cancioneiro dos EUA composta em 1861 pela poeta Julia Ward Howe.

Patriótica, a letra se tornou conhecida no hemisfério norte durante a Guerra Civil Americana e também já foi interpretada por ícones da música estadunidense, incluindo Elvis Presley e Whitney Houston.

Os "memes" feministas da revista AZMina