NOTÍCIAS

Estudante incendeia escola no Acre após desentiendimento com professora

A professora chamou atenção do aluno por atraso. Tudo que estava no local foi destruído.

23/10/2017 18:49 -02 | Atualizado 23/10/2017 18:53 -02
Divulgação/Polícia Civil
Quase cem alunos da Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa estão sem aulas

A Escola Estadual Rural Vicente Brito de Sousa, em Feijó, distante 360 km de Rio Branco (AC), virou pó após um estudante de 14 anos, com ajuda de um rapaz de 19 anos, ter colocado fogo na instituição, segundo a polícia. O caso ocorreu na madrugada de sábado (21).

Tudo que estava no local foi destruído: material didático, merenda, computadores, entre outros. Quase cem alunos estão sem aulas. As informações são do G1.

De acordo com o portal, o estudante teria ateado fogo na escola depois de o professor o ter chamado atenção por ele ter chegado atrasado em sala de aula. Segundo o UOL, houve uma discussão.

O menor foi apreendido e Carlos da Luz Ribeiro, 19 anos, está preso. Uma nova escola será construída no local, e a Secretaria de Educação do Acre estuda uma alternativa para que os estudantes não sejam prejudicados.

13 livros infantis sobre direitos humanos