ENTRETENIMENTO

Gabriel O Pensador comemora a morte de Temer no rap 'Tô Feliz (Matei o Presidente) 2'

Protesto do rapper atualiza primeiro hit lançado em 1992.

20/10/2017 13:01 -02 | Atualizado 20/10/2017 13:12 -02

"Na comemoração tem a decapitação

Cabeça vira bola e a pelada vai rolar

Corta essa cabeça dele sem perdão

Porque essa cabeça rolando vale mais do que o Neymar"

Os versos acima são de Tô Feliz (Matei o Presidente) 2, nova música de Gabriel O Pensador em parceria com Papatinho. Explosivo e cheio de descrições gráficas, o rap faz um furioso protesto contra o governo do presidente Michel Temer.

A inspiração veio do primeiro hit da carreira do rapper carioca, lançado em 1992, quando ele tinha 18 anos. Na letra de Tô Feliz (Matei o Presidente), O Pensador comemorava do assassinato do então presidente do Brasil, Fernando Collor de Mello.

A música atingiu o topo das paradas de sucesso na época.

Relembre:

"Algumas pessoas já tinham me pedido para fazer uma segunda versão de Tô feliz (Matei o presidente). Os pedidos aumentaram com a avalanche de escândalos, mas foi o decreto absurdo de extinção da Renca que me despertou mesmo essa vontade (não de matar, mas de escrever!)", disse Gabriel O Pensador ao UOL.

Em agosto deste ano, um decreto presidencial decidiu que a Reserva Nacional de Cobre e Associadas (Renca) seria reaberta para exploração com participação da iniciativa privada. Após repercussão negativa da medida, o governo do presidente Michel Temer decidiu revogar o decreto e editar um novo texto.

"Decidi abordar a corrupção e o descaso mais uma vez, usando um tom mais revoltado, porém fechando com um discurso mais sensato no fim, saindo da fantasia cinematográfica da morte literal dos maus políticos e corruptos para falar de uma morte ideal, que seria a morte da corrupção e dessa política podre que temos há tanto tempo", explicou o rapper.

O rap Tô Feliz (Matei o Presidente) 2 chegou às redes acompanhado de um clipe com cenas gravadas em vários estados do Brasil. A direção é de PH Stelzer.

Assista no player abaixo:

Aos 43 anos, Gabriel O Pensador tem oito álbuns de estúdio lançados, além de dois livros infantis, Diário Noturno (2001) e Um Garoto Chamado Rorberto (2005).

Em 2017, o rapper nascido Gabriel Contino completa 25 anos de carreira.

Presidentes que se encrencaram com casos extraconjugais