NOTÍCIAS

A corrente de amor por Rafael Brandão que tomou Minas Gerais e quer chegar até John Mayer

Por que John Mayer precisa homenagear o mineiro no show desta sexta-feira (20) em Belo Horizonte.

20/10/2017 13:14 -02 | Atualizado 20/10/2017 15:06 -02
Montagem/Divulgação
John Mayer era uma grande inspiração para o universitário Rafael Brandão.
Quando as pessoas perguntarem quem foi Rafael, eles vão por fim encontrar Jesus.

Sempre aos sábados de manhã, Rafa acordava cedo para ir ao centro de Belo Horizonte levar mensagens de conforto para os moradores de rua da Praça 7. O exercício de ouvir o outro, vulnerável, imbuía sua vida de significado. Ele gostava de conversar com aqueles que raramente são ouvidos, cuidava deles e de todos a seu redor.

Desde cedo, Rafael Brandão assumiu o papel de paizão: da mãe, da irmã, dos amigos e até dos desconhecidos. Perdeu o pai aos oito anos e tomou para si a responsabilidade de proteger os seus semelhantes e seus diferentes.

"Ele amadureceu muito rápido e passou por um luto muito cedo. Na falta de um pai, Rafael tomou Deus como pai dele e isso o inspirou", conta Isaac Velame, cunhado e melhor amigo de Rafa.

A trajetória generosa do universitário mineiro de 20 anos foi interrompida após um acidente de moto na BR-040 na última segunda-feira (16).

"Sua forma de amor era tempo de qualidade; ele amava estar em companhia e era muito intenso nisso, se entregava às relações e vivia dia após dia. Era um cara extremamente feliz e sua felicidade contagiava todos em volta dele", descreve o amigo Victor Vilefort.

O casamento da irmã no início deste ano foi um de seus momentos mais emocionantes:

Evangélico, ele acreditava e vivia "o amor que Jesus Cristo pregou" e dedicava tempo e carinho a todos que conhecia. Coletava brinquedos para crianças carentes e ajudava o outro sempre que podia.

Agora, centenas de amigos, familiares e mesmo anônimos querem retribuir um pouco desse amor por meio de uma campanha audaciosa: fazer o cantor americano John Mayer, em turnê pelo Brasil, homenagear Rafael durante seu show em BH nesta sexta-feira (20).

O rapaz era fã do cantor e, assim que o show foi anunciado na capital mineira, comprou um par de ingressos para ele e para a namorada. A expectativa pela apresentação era grande.

Músico, dedicava a maior parte de seu tempo ao gospel. Nas horas horas vagas, se entregava a covers de seus cantores favoritos. Mayer era um deles.

"O Rafa sempre gostou muito dele, a gente brincava que eles se pareciam. Se o John Mayer falar dele, com certeza vai nos confortar. E o Rafa, sem dúvidas, ficaria muito grato, pois era uma de suas inspirações. Queremos mesmo que ele [Mayer] faça a homenagem para que o legado do Rafa continue", torce Isaac.

Junto à campanha, os amigos divulgam um vídeo no qual Rafa canta Slow Dancing in a Burning Room, uma das músicas mais conhecidas e emocionantes do cantor americano. A campanha já conta com mais de dois mil compartilhamentos no Facebook.

O HuffPost Brasil entrou em contato com a produção do show em BH. Segundo a assessoria da Malab, o pedido da campanha já foi encaminhado ao staff do cantor. Ainda não se sabe se Mayer já conheceu a corrente de amor por seu fã.

Que a mensagem de todos aqueles que foram tocados pelos grandiosos gestos de Rafa chegue a John Mayer!

30 imagens do passado e de hoje mostram amizades lindas que perduram há décadas