LGBT

Quem é Michelle Suaréz, eleita a 1ª senadora transexual do Uruguai e da América Latina

Militante e advogada Michelle Suárez Bértora tomou posse na última terça-feira (10).

11/10/2017 11:53 -03 | Atualizado 11/10/2017 15:36 -03
Reprodução
Michelle Suaréz, de 33 anos, é a primeira senadora transexual do Uruguai.

Militante, ativista e advogada. Michelle Suaréz, de 33 anos, é a primeira senadora transexual do Uruguai. Ela assumiu o posto na última terça-feira (10) ao ocupar a cadeira como suplente do senador Marcos Carámbula, do Partido Comunista (PCU).

Suaréz é nome reconhecido na luta LGBT do país como integrante do coletivo Ovejas Negras, que defende os direitos das minorias no Uruguai. Em seu discurso de posse, ela defende que a luta contra a homofobia e a transfobia precisa seguir forte no país. Uma de suas primeiras medidas será potencializar a discussão sobre o Projeto de Lei Integral Trans.

Em 2010, Suaréz foi a primeira transexual a conseguir um título universitário no Uruguai ao se formar na faculdade de direito. Em entrevista ao El País, ela argumenta que o título é uma das provas de sua resistência: "Decidi não me marginalizar."

Como parlamentar, a advogada foi uma das autoras do projeto de lei que permite o casamento de pessoas do mesmo sexo no país.

"A vida me deu oportunidades que jamais imaginei ter. Se querem ampliar as esferas de direitos e eliminar elementos de postergação, têm que combater uma série enorme de injustiças sociais", afirmou em seu discurso de posse.

A senadora faz parte da Frente Ampla, do presidente Tabaré Vázquez.