MULHERES

'A dor parece mesmo insuportável. Mas não é': O relato sincero de Juliana Alves sobre o seu parto humanizado

Em um texto recheado de sensibilidade, a atriz compartilhou como foi a emoção de trazer Yolanda ao mundo.

10/10/2017 11:22 -03 | Atualizado 10/10/2017 11:32 -03

A atriz Juliana Alves emocionou os fãs ao compartilhar o registro do seu parto humanizado. Com um vídeo e um depoimento recheados de sensibilidade, a artista contou como foi trazer a pequena Yolanda, sua primeira filha, ao mundo.

Assim como muitas mulheres, Juliana escolheu ter o acompanhamento de uma doula e uma obstetra durante o seu trabalho de parto. A escolha por um parto natural vem da vontade de que mãe e filha sejam as reais protagonistas desse momento. Mesmo que, para isso, a mulher precise enfrentar contrações dolorosas.

"Eu gritava a cada contração, a caminho da maternidade em intervalos de menos de 5 minutos. E minhas contrações foram se intensificando e os intervalos diminuindo. Eu não achava nenhuma posição menos dolorosa, não existia um jeito... A gente tinha que descobrir ali", relata a atriz.

Em seu texto, Juliana diz que a sua doula teve um papel importantíssimo durante o processo. A profissional foi a responsável por "guiar" a atriz e tentar trazer um mínimo de tranquilidade àquele momento tão cheio de emoções.

"E minha doula Luciana, que cuidava de entender o que meu corpo pedia, quando eu não conseguia ser clara com as palavras, dizia com sua voz suave palavras de incentivo e cumplicidade e cuidava pra minha natureza permitir que tudo fluísse bem. As vezes, quando um pensamento de dúvida se eu conseguiria, vinha, ela chegava junto me lembrando que força necessária para isso, vem dessa minha natureza", relatou Juliana Alves.

Seu marido, o diretor de cinema Ernani Nunes, também é lembrado no texto. Para Juliana, o apoio e o carinho do companheiro foram essenciais nos últimos momentos, quando ela achava que não tinha mais forças.

"Quando eu já tinha a dilatação necessária pra minha filha sair, eu achava que não teria mais condições de suportar a dor das contrações e continuar a usar a força pra conduzi-la. Nessa hora, minha mão direita agarrava a blusa do Ernani, a esquerda agarrava uma barra e a mente agarrava o amor pela vida dela e o desejo de trazê-la ao mundo."

Para a atriz, ultrapassar o limite de sua privacidade e compartilhar um momento tão íntimo nas redes sociais faz parte de uma mensagem maior que ela quer deixar para as outras mulheres.

Juliana Alves afirma ter conhecido a "partolândia" e quer encorajar outras mulheres a buscarem informações sobre a experiência de um "parto saudável".

"A dor parece mesmo insuportável. Mas não é! E é esse amor que faz você finalmente entender tudo.Como seu grata a esta equipe liderada pela dra Viviane, que me ajudou a realizar este sonho! Com muito respeito, carinho, cumplicidade, profissionalismo, humanidade e muito amor de todos. E hoje, minha admiração pelo companheiro que tenho aumentou. Pelas horas de prova de puro amor e dedicação dele no NOSSO trabalho de parto", escreveu a atriz.

25 selfies que mandam a real sobre a maternidade