ENTRETENIMENTO

Quem é Kazuo Ishiguro, vencedor do Nobel de Literatura 2017

Escritor nipo-britânico já foi traduzido para 28 países.

05/10/2017 09:41 -03 | Atualizado 05/10/2017 11:26 -03

O escritor nipo-britânico Kazuo Ishiguro foi anunciado nesta quinta-feira (5) como o vencedor do prêmio Nobel de Literatura deste ano. A escolha foi divulgada em um evento em Estocolmo, na Suécia.

Considerado um dos prosadores contemporâneos mais aclamados de língua inglesa, o autor tem entre suas principais publicações O Gigante Enterrado, Não me Abandone Jamais e Vestígios do Dia, que já rendeu a ele o Man Booker Prize, em 1989.

Nascido em Nagasaki, no Japão, em 1954, Ishiguro se mudou para a Inglaterra aos cinco anos de idade. Ele voltaria ao seu país de origem 30 anos depois. Ao longo de sua carreira, o escritor publicou até agora oito livros.

Em entrevista à BBC, o autor disse que receber o prêmio é "uma honra magnífica". Para ele, isso significa que está seguindo os passos de grandes escritores que o antecederam.

Ishiguro também espera que o prêmio represente algo positivo para a sociedade.

O mundo está em um momento de muita incerteza e eu espero que o prêmio Nobel seja uma força para algo positivo no planeta. Eu ficaria profundamente comovido se eu pudesse, de alguma forma, contribuir de algum modo com uma atmosfera positiva nesses tempos de incerteza.

De acordo com o Comitê do Nobel, Ishiguro retrata em seus livros temas como "memória, passagem do tempo e desilusão pessoal". O anúncio oficial ainda destaca que as obras do nipo-britânico tem "grande força emocional" e "desvendou o abismo sob nossa sensação ilusória da conexão com o mundo".

"Se você mistura Jane Austen e Franz Kafka, então você tem Kazuo Ishiguro em poucas palavras, mas você tem que adicionar um pouco de Marcel Proust na mistura", disse Sara Danius, a secretária permanente da Academia Sueca durante o anúncio.

A obra

Vestígios do Dia acompanha o ressentido mordomo Stevens, que rememora as três décadas dedicadas à casa de um distinto nobre britânico, lord Darlington, hoje ocupada por um milionário norte-americano.

Divulgação
No Brasil, as obras do autor são editadas pela Companhia das Letras.

O romance ganhou uma adaptação para o cinema em 1993, protagonizada por Anthony Hopkins e Emma Thompson, e recebeu oito indicações ao Oscar.

Assista ao trailer abaixo:

No Brasil, as obras do autor são editadas pela Companhia das Letras, que também lançou Noturnos e Quando Éramos Órfãos. Ishiguro já foi traduzido para 28 países.

(Com informações da Agência Ansa e Agência Brasil)

12 novos escritores que provam por que a literatura brasileira é excepcional