COMPORTAMENTO

Preparado para o futuro? Veja os profissionais que serão demandados em poucos anos

Afinal, quem iria imaginar, dez anos atrás, que um desenvolvedor de apps ou um gerente de mídia social seriam profissionais tão demandados hoje?

26/09/2017 18:54 -03 | Atualizado 26/09/2017 18:56 -03
gorodenkoff via Getty Images
Segundo Rasquilha, em um futuro não tão distante, o mercado de trabalho vai abranger três categorias de profissionais.

*Este texto integra a parceria editorial do HuffPost Brasil com a IBM School.

Em algumas décadas, algumas profissões podem ser literalmente "roubadas" por máquinas. De acordo com um estudo da consultoria McKinsey, cerca de 50% dos postos de trabalho podem ser automatizados nas próximas décadas, o que faz do Brasil um dos países com maior chance de automatização no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

Porém, isso não quer dizer que simplesmente não vão existir mais empregos. Luis Rasquilha, CEO da Inova Consulting, consultoria e treinamento de futuro e inovação estratégica, argumenta que, assim como os avanços tecnológicos extinguiram postos de trabalho, eles incentivaram a criação de novas carreiras.

Afinal, dez anos atrás, quem iria imaginar que um desenvolvedor de aplicativos ou um gerente de mídia social seriam profissionais tão demandados?

Segundo Rasquilha, em um futuro não tão distante, o mercado de trabalho vai abranger três categorias de profissionais. A primeira delas são as profissões as clássicas, como médico, advogado, engenheiro, que serão adequadas à tecnologia e trabalharão com mais softwares e robôs que automatizarão muitos procedimentos mecânicos. A segunda categoria seria das profissões tecnológicas, que vão pensar e construir estes programas e máquinas.

E por último, continua o consultor, estão as profissões emergentes, que são empregos que ainda não existem ou que tem poucos profissionais na área. "Esse é o caminho: as pessoas se reinventarem para a chegada dessas novas oportunidades", acrescentou.

Mas, quais são as profissões que devem ter um futuro brilhante nas próximas décadas? De acordo com a Universidade de Kent e consultores de inovação, estas são algumas áreas e profissões que deverão ser demandadas em alguns anos.

Tecnologia

Não é à toa que profissões de Tecnologia da Informação estão e estarão sob demanda. De acordo com Rasquilha, consultor de inovação, profissionais como desenvolvedores de web e desenvolvedor de aplicativos, gestor de BigData e engenheiros e técnicos, que construirão estas máquinas, estão em grande expansão.

Segundo um estudo da Universidade de Kent, também já estão sob demanda consultores de segurança de TI, com a expansão do armazenamento em nuvem. "Com o crescimento do uso de internet e invasões hackers em sites, a segurança da web ganha papel importante no governo e organizações", explica a Universidade.

Outras profissões demandadas ainda na área de tecnologia é o especialista em marketing digital, designer de efeitos especiais, designer 3D, engenheiro de redes sociais e piloto de drone.

Saúde

Luciane Aquino, consultora de inovação, diz que a saúde e medicina são áreas promissoras. "As pessoas temem o futuro com os robôs, mas eles trazem também excelentes notícias: as vidas das pessoas vão se prolongar, vamos ter cura para mais doenças, eles vão facilitar muito o nosso dia a dia", disse a consultora de inovação de produto. "Este ano mesmo, a ciência deu um salto imenso ao conseguir editar o DNA de seres vivos. Isso é um marco e quer dizer que teremos controle de nossa evolução, de nossas doenças, seremos capazes de identificar células e melhorá-las."

Segundo Aquino, a biotecnologia será a mais demandada. Ao site da Fast Company, o pesquisador e diretor do Instituto do Futuro, Devin Fidler, explica que a área de cuidados está em plena expansão e cita terapeuta ocupacional e cuidador. Além destas, outras em destaque são pesquisadores de células tronco, nutricionistas e nanotecnologia.

Turismo

Como os desenhos animados já previram, em pouco tempo haverá turismo no espaço e ele vai gerar muitos empregos diretos e indiretos.

Segundo a Universidade de Kent, diversas carreiras serão demandadas como a exobiologia, ou astrobiologia, que é o estudo da origem e evolução da vida no Universo, ou clínicos espaciais especializados nos efeitos da radiação e do desgaste muscular pela baixa ou falta de gravidade.

Energia e o meio ambiente

Com o aquecimento global cada vez mais em pauta, serão demandados especialistas em energias renováveis, engenheiros ambientais, biólogos e consultores de sustentabilidade e meio ambiente.

* A IBM School deste ano discutirá em São Paulo o futuro das profissões. A mesa com palestrantes será na próxima terça-feira (26) na Rua Tutóia, 1157, na IBM Brasil, na Vila Mariana, a partir das 18 horas.

Profissionais que podem ser substituídos por robôs