NOTÍCIAS

Charles Bradley morre aos 68 anos: O pedido de despedida da lenda do soul

Descanse em paz, Screaming Eagle of Soul.

23/09/2017 15:32 -03 | Atualizado 23/09/2017 16:04 -03
Manfred Werner/WikiCommons
Charles Bradley & The Manahan Street Band, no Vienna Jazz, em 2011.

O mundo perdeu neste sábado (23) uma das maiores lendas do soul. Charles Bradley, conhecido como Screaming Eagle of Soul, morreu aos 68 anos, em decorrência de um câncer no fígado.

O cantor americano chegou a ser confirmado para se apresentar no primeiro fim de semana do Rock in Rio, no sábado passado (16). Mas cancelou todos os shows que faria este ano por causa da doença. No Rio, ele foi substituído pelos brasileiros Rael e Elza Soares.

No ano passado, ele havia sido diagnosticado com câncer no estômago e também cancelou uma turnê. "Eu vou lutar contra isso como lutei contra os outros obstáculos da minha vida", disse na época.

Pedido

Em vez de flores, como os os fãs costumam demonstrar solidariedade, a equipe do artista pediu doações para os projetos All Star e Music Unites.

"O Sr. Bradley ficou muito grato por todo o amor que recebeu dos seus fãs e esperamos que a sua mensagem de amor seja lembrada e levada a cabo. Obrigado pelos vossos pensamentos e orações durante este momento difícil", diz trecho da mensagem de despedida da equipe do cantor.

A trajetória do cantor foi retratada no documentário Soul of America, premiado em 2012. A voz por trás da trilha sonora da série Suits, Bradley só conseguiu realizar o sonho de gravar seu primeiro disco aos 62 anos.

Sentiremos saudade.