ENTRETENIMENTO

A noite em que o 'Emmy' assumiu um lado político celebrou a potência das mulheres

'O Conto de Aia' e 'Big Little Lies' foram as grandes vencedoras do Oscar da TV norte-americana.

18/09/2017 17:37 -03 | Atualizado 18/09/2017 20:12 -03

O Emmy 2017 combinou celebração à potência feminina, discursos sobre questões que afetam mulheresn e alfinetadas no presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Considerada o "Oscar da televisão", a premiação realizada neste domingo (17) em Los Angeles, nos EUA, também sinalizou uma mudança significativa na relação entre produção audiovisual, TV e internet.

O Conto de Aia e Big Little Lies, duas produções focadas no protagonismo feminino, foram as grandes vencedoras da noite.

De um lado, a distopia escrita por Margaret Atwood há três décadas, na qual mulheres são perseguidas, assediadas e estupradas diariamente, consagrou-se como Melhor Série Dramática do ano.

A produção levou 8 estatuetas no total, incluindo Melhor Atriz e Série de Drama (Elisabeth Moss), Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama (Ann Dowde), além de Melhor Atriz Covidada (Alexis Bledel), entregue na semana passada.

O Conto de Aia, produto do Hulu, entrou para a história do Emmy como a primeira série de um serviço de streaming a ganhar o principal prêmio da cerimônia. A série deixou para trás produções da NBC, AMC, HBO e Netflix.

Kevin Winter via Getty Images

Do outro lado, Big Little Lies também brilhou com 8 estatuetas no total, incluindo Melhor Atriz de Série Limitada (Nicole Kidman), Melhor Atriz Coadjuvante de Série Limitada (Laura Dern) e Melhor Ator Coadjuvante de Série Limitada (Alexander Skarsgård).

AFP/Getty Images

Série de ficção também baseada em obra literária, Big Little Lies aborda a delicada e urgente questão da violência doméstica contra mulheres. Foi sobre isso que Nicole Kidman falou em seu marcante discurso depois de ganhar o primeiro Emmy de sua carreira:

"Quero que minhas filhas tenham isso na prateleira para olhar e lembrar: 'Toda vez que minha mãe não me botou pra dormir foi por causa disso. Eu ganhei algo'. Também quero que elas saibam que, às vezes, como atriz, você tem a oportunidade de passar uma mensagem e a nossa foi colocar em evidência o abuso doméstico. É uma doença complicada e traiçoeira. Ela existe muito mais do que nos permitimos saber. É cheia de vergonha e segredos. E vocês me reconhecerem com esse prêmio coloca isso ainda mais em evidência. Então obrigada, obrigada, obrigada."

Quem também fez história da premiação foi a atriz Julia Louis Dreyfus, que se tornou a atriz mais premiada no Emmy por por um mesmo papel. Neste domingo, ela levou a sexta estatueta por seu trabalho na pele de Selina Meyer, vice-presidente dos EUA na série Veep.

E, pela terceira vez, a produção levou o prêmio de Melhor Série Cômica.

FilmMagic

Na esteira de feitos históricos, Lena Waithe tornou-se a primeira mulher negra a ganhar o Emmy de Melhor Roteiro de Comédia.

O troféu foi entregue por conta do trabalho dela no episódio Thanksgiving, escrito em parceria com Aziz Ansari, responsável pela série Master of None.

MARK RALSTON via Getty Images

O episódio em questão acompanha Denise, personagem vivida por Lena na série, durante cinco comemorações do Dia de Ação de Graças. Nesse período, ela toma consciência de sua homossexualidade e compartilha o fato com a família e os amigos.

Lésbica também fora da série, Lena mandou um recado para a comunidade LGBT durante seu discurso:

"Vejo cada um de vocês. As coisas que nos fazem diferentes são nossos superpoderes. Todos os dias, quando vocês saem pela porta, colocam suas capas imaginárias e vão conquistar o mundo (...) Porque o mundo não seria tão bonito se não estivéssemos nele."

Não foram poucas as piadas e críticas de cunho político, mais especificamente sobre presidente dos EUA, Donald Trump.

No início da cerimônia, o apresentador Stephan Colbert alfinetou o presidente dizendo ao público que a culpa de Trump ter se candidatado à presidência era do Emmy, já que no passado ele havia sido indicado duas vezes devido a sua participação em Celebrity Apprentice. Trump não levou o prêmio em nenhuma das indicações.

Quem fez o comentário mais aplaudido sobre Trump no Emmy foi o trio Jane Fonda, Lily Tomlin e Dolly Parton. Elas se reuniram no palco 37 anos depois de protagonizarem o filme Como Eliminar Seu Chefe. Na trama, elas tentam se livrar da rotina ao lado de um chefe machista e mentiroso.

FREDERIC J. BROWN via Getty Images

No palco a fim de apresentar um das categorias, o trio de atrizes septuagenárias aproveitou o contexto de piadas sobre Trump e do sucesso da série Grace and Frankie - estrelada por Jane e Lily - para soltar algumas pérolas.

"Em 1980, nós nos recusávamos a ser controladas por um homem sexista, egoísta, mentiroso e hipócrita", disse Fonda. "E em 2017, nós continuamos a nos recusar a ser controladas por um homem sexista, egoísta, mentiroso e hipócrita", completou Lily..

A fala das amigas foi complementada por Dolly, que decidiu falar sobre os vibradores das personagens da série da Netflix: "Espero receber um desses na minha sacola de presentes essa noite", brincou.

Assista no player abaixo:

Alec Baldwuin venceu o prêmio de Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia por sua imitação do presidente dos EUA, Donald Trump, no programa Saturday Night Live.

FilmMagic

Ao recebeu o troféu, o ator mandou um recado para Trump: "Aqui está o seu Emmy, senhor presidente".

Veja a lista de vencedores do Emmy 2017:

Melhor Série de Drama

Better Call Saul

The Crown

The Handmaid's Tale

House of Cards

Stranger Things

This Is Us

Westworld

Melhor Série de Comédia

Atlanta

Black-ish

Master of None

Modern Family

Silicon Valley

Unbreakable Kimmy Schmidt

Veep

Melhor Ator de Drama

Sterling K. Brown (This Is Us)

Anthony Hopkins (Westworld)

Bob Odenkirk (Better Call Saul)

Matthew Rhys (The Americans)

Liev Schreiber (Ray Donovan)

Kevin Spacey (House of Cards)

Milo Ventimiglia (This Is Us)

Melhor Atriz de Drama

Viola Davis (How to Get Away With Murder)

Claire Foy (The Crown)

Elisabeth Moss (The Handmaid's Tale)

Keri Russell (The Americans)

Evan Rachel Wood (Westworld)

Robin Wright (House of Cards)

Melhor Ator de Comédia

Anthony Anderson (Black-ish)

Aziz Ansari (Master of None)

Zach Galifianakis (Baskets)

Donald Glover (Atlanta)

William H. Macy (Shameless)

Jeffrey Tambor (Transparent)

Melhor Atriz de Comédia

Pamela Adlon (Better Things)

Ellie Kemper (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Allison Janney (Mom)

Julia Louis-Dreyfus (Veep)

Tracee Ellis Ross (Black-ish)

Lily Tomlin (Grace and Frankie)

Jane Fonda (Grace and Frankie)

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Drama

John Lithgow (The Crown)

Jonathan Banks (Better Call Saul)

Mandy Patinkin (Homeland)

Michael Kelly (House of Cards)

David Harbour (Stranger Things)

Ron Cephas Jones (This Is Us)

Jeffrey Wright (Westworld)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Drama

Samira Wiley (The Handmaid's Tale)

Ann Dowd (The Handmaid's Tale)

Uzo Aduba (Orange is the New Black)

Millie Bobby Brown (Stranger Things)

Chrissy Metz (This Is Us)

Thandie Newton (Westworld)

Melhor Ator Coadjuvante em Série de Comédia

Alec Baldwin (Saturday Night Live)

Louie Anderson (Baskets)

Ty Burrell (Modern Family)

Tituss Burgess (Unbreakable Kimmy Schmidt)

Tony Hale (Veep)

Matt Walsh (Veep)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série de Comédia

Vanessa Beyer (Saturday Night Live)

Kate McKinnon (Saturday Night Live)

Leslie Jones (Saturday Night Live)

Anna Chlumsky (Veep)

Judith Light (Transparent)

Katheryn Hahn (Transparent)

Melhor Série Limitada

Big Little Lies

Fargo

Feud

Genius

The Night Of

Melhor Filme feito para TV

The Wizard of Lies

Black Mirror: San Junipero

Dolly Parton's Christmas of Many Colors: Circle of Love

The Immortal Life of Henrietta Lacks

Sherlock: The Lying Detective

Melhor Ator em Série Limitada ou Filme feito para TV

Riz Ahmed (The Night Of)

Benedict Cumberbatch (Sherlock: The Lying Detective)

Robert De Niro (The Wizard of Lies)

Ewan McGregor (Fargo)

Geoffrey Rush (Genius)

John Turturro (The Night Of)

Melhor Atriz em Série Limitada ou Filme feito para TV

Carrie Coon (Fargo)

Felicity Huffman (American Crime)

Nicole Kidman (Big Little Lies)

Jessica Lange (Feud: Bette and Joan)

Susan Sarandon (Feud: Bette and Joan)

Reese Witherspoon (Big Little Lies)

Melhor Ator Coadjuvante em Série Limitada ou Filme feito para TV

Alexander Skarsgård (Big Little Lies)

David Thewlis (Fargo)

Alfred Molina (Feud: Bette and Joan)

Stanley Tucci (Feud: Bette and Joan)

Bill Camp (The Night Of)

Michael K. Williams (The Night Of)

Melhor Atriz Coadjuvante em Série Limitada ou Filme feito para TV

Regina King (American Crime)

Shailene Woodley (Big Little Lies)

Laura Dern (Big Little Lies)

Judy Davis (Feud: Bette and Joan)

Jackie Hoffman (Feud: Bette and Joan)

Michelle Pfeiffer (The Wizard of Lies)

14 mulheres famosas que sabem que você merece pagamento igual