NOTÍCIAS

Jornalista Marcelo Rezende morre aos 65 anos

Record confirmou a morte do apresentador do programa 'Cidade Alerta', que sofria de câncer no pâncreas.

16/09/2017 19:21 -03 | Atualizado 16/09/2017 19:45 -03
Divulgação/Rede Record
Marcelo Rezende teve falência múltipla de órgãos.

O jornalista Marcelo Rezende morreu neste sábado (16), confirma a TV Record. O Hospital Moriah, na zona sul de São Paulo, confirmou a morte dele às 17h45. Ele teve falência múltipla dos órgãos.

O apresentador de 65 anos sofria de câncer no fígado e no pâncreas, um tipo bastante agressivo e complicado. Ele voltou a ser internado no hospital na última terça-feira (12) com uma pneumonia grave.

Ele descobriu o câncer em maio deste ano e desistiu da quimoterapia um mês depois para se submeter a tratamentos alternativos, com alimentação saudável e um "retiro espiritual".

Em seu último vídeo postado no Instagram, em 3 de setembro, o âncora se dizia "firme" no processo rumo à cura.

"Cada momento que estou vivendo é um desafio", disse em outra gravação postada há exatamente um mês:

Nos altos e baixos da cura eu sei o que vou fazer no futuro @lulacerda16

A post shared by Marcelo Rezende Corta Pra Mim (@marcelorezende.oficial) on

Marcelo Rezende deixa cinco filhos e sua companheira.

Jornalismo

Com 40 anos de carreira, Rezende sobressaiu no jornalismo policial.

O último programa que comandou foi o Cidade Alerta, líder de audiência na TV Record.

Com o bordão "corta para mim", o jornalista conquistou telespectadores pelo País todo com seu carisma e irreverência ao apresentar as notícias policiais da tarde.

Ele também passou pelo Linha Direta, da TV Globo, e o Repórter Cidadão, da Rede TV!.

"Esse jornalismo que eu e alguns companheiros fazemos é o jornalismo que revela as mazelas do País", disse sobre furos e flagrantes, como abuso policial em favela e rota do tráfico de armas.