MULHERES

8 filmes para debater a legalização do aborto

No mês da luta pela descriminalização do aborto, AzMina selecionou 8 filmes e documentários que discutem o tema de diversas perspectivas.

11/09/2017 12:33 -03 | Atualizado Há 13 horas
Bloomberg via Getty Images
Mas por trás dos números, há histórias que não nos deixam esquecer: a questão do aborto é complexa e não pode ser respondida com um simples "contra" ou "a favor".

Por Letícia Bahia

São 56 milhões – ou 3 Chiles inteiros – de abortos por ano, diz a Organização Mundial da Saúde. A relação entre desenvolvimento e queda no número de abortos já está mapeada, e pesquisas também já comprovaram que a proibição não reduz o número de abortos. Mas por trás dos números, há histórias que não nos deixam esquecer: a questão do aborto é complexa e não pode ser respondida com um simples "contra" ou "a favor".

No mês da luta pela descriminalização do aborto, AzMina selecionou 8 filmes e documentários que discutem o tema de diversas perspectivas. Do conservador Where Are My Children (1916) ao inspirador Vessel (2012), a lista traz em comum apenas uma certeza: precisamos falar sobre aborto.

1. Vessel (2012)

Este não é mais um documentário sobre histórias trágicas de aborto. Sob o comando da médica holandesa Rebecca Gomperts, a ONG Woman on Waves realiza expedições de barco a países onde o aborto é ilegal para levar mulheres para águas internacionais, onde vige a lei do país de origem da embarcação e onde elas podem abortar com segurança. Mas o que começou como um plano para ajudar algumas mulheres se tornou um dos mais audaciosos e bem sucedidos casos de ativismo feminista do mundo. Duelos com a imprensa, barricadas de ativistas anti aborto e um embate em rede nacional com um padre português são alguns dos desafios mostrados por esse documentário otimista que vai fazer você querer levantar do sofá para mudar o mundo.

Onde assistir: disponível no Netflix (com legendas em português) ou no YouTube (legendas em espanhol)

2. Clandestinas (2014)

Lançado no dia da luta pela descriminalização do aborto no ano de 2014, o documentário brasileiro de 23 minutos faz um pequeno panorama da situação das mulheres que abortam ilegalmente no Brasil, misturando experiências reais e atrizes que interpretam textos de mulheres anônimas que decidiram interromper a gravidez.

Onde assistir: disponível na íntegra no YouTube

3. After Tiller (2013)

Em 2009, o doutor George Tiller foi assassinado a tiros dentro de sua igreja. Tiller era um dos 5 médicos dos EUA a performar abortos no último trimestre de gestação. O documentário acompanha a rotina dos 4 profissionais que seguem realizando o procedimento. Mas não espere respostas: o que você vai encontrar aqui são histórias duras, pessoas mudando de opiniões e dilemas morais que podem balançar as crenças da mais obstinada das feministas.

Onde assistir: link da íntegra no YouTube, com legendas em português

4. When abortion was illegal – untold stories (1992)

Indicado ao Oscar em 1992, este documentário curta metragem conta histórias em primeira pessoa que revelam as consequências físicas, emocionais e legais de abortos nos EUA antes da legalização, em 1973. Dorothy Fadiman é uma das mulheres a contar sua história e diretora deste filme, primeiro de uma trilogia chamada Dos Becos Escuros à Suprema Corte e Além.

Onde assistir: link da íntegra no YouTube (em inglês)

Se estiver com pouco tempo, Motherhood by choice, not chance, também de Dorothy Fadiman, é um material mais enxuto, pensado para chegar a escolas, conferências e exibições públicas. No Vimeo (em inglês)

5. 12th & Delaware (2010)

Em uma mesma esquina da Flórida, há uma clínica pró vida pertencente a uma igreja e uma clínica de abortos. Da encruzilhada ideológica resulta uma série de embates acompanhados por um ano pela produção deste documentário da HBO.

Onde assistir: link da íntegra no Vimeo (em inglês)

6. The abortion diaries (2005)

Se o aborto é tão comum, por que nunca é tema de conversas na mesa de jantar? Por que as mulheres que abortam sentem-se tão sozinhas, por que não há espaço para que compartilhem suas experiências? Essas são as perguntas que norteiam os 30 minutos deste documentário da diretora Penny Lane.

Onde assistir: link da íntegra no Vimeo (em inglês)

7. Uma história severina (2005)

Antes da decisão do Supremo Tribunal Federal que, em 2012, definitivamente autorizou abortos de fetos anencéfalos, Severina viu-se no meio de idas e vindas de decisões judiciais. Depois de conseguir autorização para interromper a gestação de seu feto anencéfalo, ela internou-se para, no dia do procedimento, ver sua decisão revertida e ser obrigada a levar a gravidez a termo. Este documentário curta metragem acompanha sua história. Dirigido por Débora Diniz e Eliane Brum.

Onde assistir: link da íntegra no YouTube

8. Where are my children? (1916)

Uma viagem ao tempo do cinema mudo para compreender o aborto a partir de uma perspectiva histórica, esse drama americano conta a história de um promotor de justiça que, enquanto processa um médico por realizar abortos ilegais, descobre que esta realidade está bem mais próxima do que supunha. Se o conservadorismo se mostra por meio de uma posição firmemente contrária ao aborto, o longa rompeu barreiras ao fazer, em 1916, uma defesa enfática da contracepção e do planejamento familiar.

Onde assistir: link da íntegra no YouTube (filme mudo com legendas em inglês)