MUNDO

Lucia Topolansky, esposa do ex-presidente Mujica, assumirá a vice-presidência do Uruguai

Uma reviravolta fez a família Mujica voltar ao poder.

10/09/2017 13:48 -03 | Atualizado 10/09/2017 14:20 -03
STRINGER uruguay / Reuters
Lucia Topolansky conheceu Mujica quando aderiu ao grupo guerrilheiro MLN-Tupamanos.

Quem estava com saudade da simplicidade da família Mujica na presidência do Uruguai pode comemorar. A ex-guerrilheira Lucia Topolansky, esposa do ex-presidente José "Pepe" Mujica, assumirá a vice-presidência do Uruguai, informam as agências de notícias internacionais.

A inesperada reviravolta no Congresso uruguaio aconteceu no sábado (9), quando o vice do presidente Tabaré Vázquez, Raúl Sendic, renunciou ao cargo.

Ele deixou a vice-presidência após ver seu nome envolvido em um escândalo pelo uso de cartões corporativos oficiais para fins pessoais, quando ele era diretor da petroleira estatal Ancap, entre 2010 e 2013. Na época, ele era apadrinhado do então presidente, Mujica.

De acordo com a Constituição do país, quem deveria assumir a vice-presidência seria o senador mais votado na última eleição. O problema é que esse senador é o próprio Mujica, que está inabilitado para o cargo porque o país não aceita reeleição. Então foi escolhido o segundo senador com maior número de votos: Lucia Topolansky.

Aos 72 anos, Topolansky é senadora pelo partido de esquerda Frente Ampla. Senadora mais votada enquanto o marido era presidente, entre 2010-2015, ela assumia o país de forma interina quando Mujica e seu vice estavam em viagens pelo exterior.

Topolansky e Mujica se conheceram quando ambos lutavam no grupo guerrilheiro MLN-Tupamaros, que atuou no país entre as décadas de 60 e 70.

Mujica: Mumu da Pomerânia