MULHERES

Para quem não sabia, Tess Holliday deixa claro que os gordos também transam

Derrr...

08/09/2017 18:09 -03 | Atualizado 08/09/2017 18:09 -03

O mundo não valoriza os obesos tanto quanto deveria, e por isso eles frequentemente são vistos como sendo indignos de amor ou desejo. Mas lá vai uma pequena informação para quem não sabia: as pessoas gordas fazem sexo, exatamente como todo o mundo.

FilmMagic
Tess Holliday arrasa na 5ª edição anual do festival Beautycon.

Nesta semana, Tess Holliday compartilhou essa mensagem com muito orgulho em sua página no Instagram, ao lado de uma foto Polaroid maravilhosa dela própria de lingerie. A fotógrafa responsável pela imagem foi Anastasia Garcia.

"Quando vi as fotos e como elas são sensuais (e obviamente não retocadas), lembrei de um dos 'Conselhos de Vida de Tess Holliday' que estão espalhados por meu livro [The Not So Subtle Art Of Being A Fat Girl]", ela escreveu na legenda. "Ele diz: 'Os gordos transam. Muito. E é muito bom.' Só isso."

A declaração franca de Holliday não chega a surpreender. Ela sempre foi conhecida por ser sincera em relação à sua experiência como mulher plus-size. Um exemplo perfeito disso foi quando Tess, 32 anos, assumiu posição contra a Uber, em abril, quando um dos motoristas a criticou por ser gorda.

"Ei @uber, não vou mais pagar para usar seu serviço de 'carros pretos', só para me dizerem que não tem como eu ser saudável porque sou gorda, e então questionar isso", ela escreveu. "Ninguém deveria ter que tolerar isso em nenhum dos serviços que vocês oferecem. Sou gorda. Também tenho uma carteira gorda e não vou mais usar os serviços da Uber. Nunca mais."

Holliday sempre foi um exemplo de postura positiva em relação ao corpo. Na verdade, ela começou a trabalhar como modelo depois de lançar a campanha de mídia social #effyourbeautystandards (f....-se seus padrões de beleza), em 2013, para ajudar as mulheres a ficar de bem com o corpo que têm, por mais que ele possa ser singular ou pouco convencional.

Dois anos mais tarde, ela se tornou a primeira mulher com tamanho acima do 20 americano (o equivalente ao 48 brasileiro) a ser contratada por uma grande agência de modelos. "Quando digo às pessoas que sou modelo, elas me olham como se eu tivesse dito que assassinei alguém", ela disse ao jornal britânico The Telegraph no ano passado.

Infelizmente, ainda existe na sociedade uma ideia de que as pessoas maiores são menos capazes, e muitas outras figuras notáveis, além de Holliday, já se manifestaram publicamente a esse respeito no passado.

Em junho, por exemplo, Shonda Rhimes revelou que as pessoas só começaram a enxergá-la como alguém de valor depois de ela ter perdido "cerca de 68 quilos".

"Mulheres que eu mal conhecia se derramavam em elogios. Literalmente. E os homens? Eles falavam comigo. Paravam para ter longas conversas comigo sobre assuntos diversos", explicou a produtora de TV. "Depois de perder peso, descobri que as pessoas me achavam valiosa. Digna de conversar com elas. Quando eu era gorda, elas não me enxergavam como uma PESSOA."

A post shared by Shonda Rhimes (@shondarhimes) on

Lindy West, autora de textos de opinião no New York Times e que também é plus size, se abriu no ano passado para falar das expectativas da sociedade em relação ao corpo e comportamento das mulheres.

Em seu livro Shrill: Notes From a Loud Woman, West escreveu: "Desde que nascemos, dizem a nós, mulheres, que precisamos ser pequenas: fisicamente pequenas, de presença pequena e ter um impacto pequeno sobre nosso mundo. Quero acabar com essa expectativa."

Cada vez que vejo uma foto de você, me lembro que sou bonita! Obrigada por isso.

A discriminação contra pessoas acima do peso e plus size ainda existe, mas o lembrete franco de Holliday de que os gordos também fazem sexo é um tapão nas costas de quem pensa que eles não são dignos.

No Instagram, fãs agradeceram a modelo por sua mensagem importante. "Amo sua mentalidade e sua mensagem!", escreveu uma fã.

Outra disse: "Eu mesma sou uma garota grande com autoestima muito baixa, mas cada vez que vejo uma foto de você, me lembro que sou bonita! Obrigada por isso."

*Este texto foi originalmente publicado no HuffPost CA e traduzido do inglês.

LEIA MAIS:

- Dior e Gucci vão banir modelos 'supermagras' de seus desfiles

- Aqui estão as fotos de 1.001 silhuetas para você aprender a amar o próprio corpo

Essas fotos ‘desmistificam o corpo gordo’