POLÍTICA

7 fotos que mostram que a política brasileira é puro Carnaval

"Amigo é coisa para se guardar debaixo de sete chaves. Dentro do coração..."

26/08/2017 17:06 -03 | Atualizado 26/08/2017 18:40 -03

Durante sua passagem por Pernambuco e Alagoas na última semana, o ex-presidente Lula (PT) se encontrou com o senador Renan Calheiros (PMDB) e com o ex-presidente José Sarney (PMDB).

O encontrou gerou críticas de militantes, uma vez que Renan, quando presidente do Congresso, votou pelo impeachment de Dilma Rousseff, ato bastante criticado por Lula e PT até hoje.

Apesar disso, no encontro, Lula disse que alianças políticas são necessárias e elogiou o senador. "O Renan pode ter todos os defeitos, agora o Renan me ajudou a governar esse País", afirmou. "Eu sou da opinião do seguinte: que todo mundo é inocente até que se prove o contrário."

Renan é investigado pela Lava Jato. Lula é réu em seis ações penais referentes à operação e já foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do tríplex do Guarujá.

As fotos dos ora "adversários" políticos ora aliados surpreenderam muita gente.

Paulo Whitaker / Reuters

Esta não é a primeira vez, contudo, que políticos e autoridades posam com seus rivais. Em maio de 2015, por exemplo, o líder do MBL (Movimento Brasil Livre), Kim Kataguiri, se encontrava com os membros da Câmara dos Deputados, e com o presidente da Casa à época, Eduardo Cunha, hoje preso e ainda investigado pela operação Lava Jato, em um ato contra a corrupção.

AFP/Getty Images

O que falar, então, da conversa informal (e um tanto descontraída) do senador Aécio Neves (PSDB) com Dilma e seu advogado José Eduardo Cardozo durante a sessão do impeachment da ex-presidente, em 29 de agosto do ano passado.

Ueslei Marcelino / Reuters

Em 2012, o deputado federal Paulo Maluf conversava à vontade com o então candidato a prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, e o ex-presidente Lula, que sempre foi grande crítico de Maluf.

News Free/CON via Getty Images

Em dezembro do ano passado, outra foto que chamou atenção foi a do juiz Sérgio Moro, da Lava Jato, com Aécio Neves, investigado pela mesma operação. Com risadas e brincadeiras, os dois sentaram lado a lado e pareciam bem à vontade em um evento em São Paulo. Na frente de ambos, o presidente Michel Temer e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Brazil Photo Press/CON via Getty Images

Falando em Aécio, esta foto com o presidente Michel Temer em agosto do ano passado também mostra certa intimidade entre os dois.

AFP/Getty Images

Hoje em lados opostos, Temer e Renan Calheiros também protagonizaram inúmeros momentos juntos.

Paulo Whitaker / Reuters

LEIA MAIS:

- Temer: Anúncio de privatizações é medida corajosa e deve gerar empregos e renda

- Lobo solitário, Bolsonaro sonha com a glória

Votação da Câmara da denúncia contra Temer