MUNDO

'Saúde mental deve ser levada a sério': Príncipe William fala pela 1ª vez sobre bulimia de Diana

"Nós precisamos normalizar as discussões", disse o príncipe.

24/08/2017 11:34 -03 | Atualizado 24/08/2017 11:45 -03
Dylan Martinez / Reuters
"Precisamos ser pragmáticos e não esconder no escuro", disse William.

O príncipe William falou pela primeira vez sobre o distúrbio alimentar sofrido pelo sua mãe, Diana, em um documentário em celebração ao 20º aniversário de morte da princesa.

Nas imagens de "Wasting Away: The Truth About Anorexia" ("Deteriorando-se: a verdade sobre a anorexia", em tradução livre), William recebe, no palácio de Kensington, o jornalista Mark Austin e sua filha, que sofreu anorexia e, juntos, colocaram em pauta a bulimia sofrida por "Lady Di".

"Nós precisamos normalizar as discussões sobre doenças mentais. O fato de vocês estarem falando sobre isso é de muita coragem", disse o príncipe.

Na sequência, a filha de Austin afirma que foi inspirada pela princesa Diana. "Precisamos ser pragmáticos e não esconder no escuro", replicou William, acrescentando que algumas doenças e a "saúde mental precisam ser levadas a sério como a saúde física".

A bulimia vivida por Diana veio à tona pela primeira vez em 1995, quando ela foi entrevistada pelo jornalista Martin Bashir, da "BBC". Na ocasião, além da doença, a princesa revelou o fim de seu casamento com Charles.

"Eu não gostava de mim, sentia vergonha por não conseguir lidar com as pressões. Tive bulimia por muitos anos, e é como uma doença secreta. É um comportamento repetitivo muito destrutivo. Era uma válvula de escape", disse Lady Di, à época.

A princesa morreu em um acidente de carro em Paris, na França, no dia 31 de agosto de 1997.

LEIA MAIS:

- Príncipe William e Kate visitam Taj Mahal e posam para foto no mesmo lugar que Lady Di em 1992

Família Real quebrando protocolo