MUNDO

O desabafo da ONG após golfinho morrer encalhado em um praia na Espanha enquanto pessoas tiravam selfie com ele

"Viram um golfinho e a obsessão por fotografá-lo passou por cima de tudo, do sofrimento e estresse que estes animais sofrem", desabafou entidade.

17/08/2017 11:43 -03 | Atualizado 17/08/2017 11:48 -03
Reprodução/Facebook
A praia de Mojácar estava lotada quando o golfinho encalhou na areia.

Um jovem golfinho fêmea encalhou na praia de Mojácar, sul da Espanha, e acabou morrendo depois que banhistas decidiram tirar selfies e tocá-lo em vez de ajudar o animal a voltar para a água.

A denúncia foi feita na semana passada pela entidade que resgata animais marinhos, Equinac. Segundo um post na página do Facebook da ONG, o golfinho era filhote e ainda era amamentado pela mãe. "Viram um golfinho vivo e a obsessão por tocá-lo e fotografá-lo passou por cima de tudo, do sofrimento e estresse que estes animais sofrem, por cima do respeito e consideração", escreveu.

A praia de Mojácar estava lotada quando o golfinho encalhou na areia. Uma multidão se formou entorno do animal e começaram a tocá-lo e a tirar selfie. Minutos depois, um socorrista e um integrante da ONG chegaram no local na tentativa de salvar o filhote, que já estava sem vida.

"O socorrista ficou extremamente nervoso quando viu centenas de pessoas cercando o animais, enquanto outro socorrista conseguiu, finalmente, chegar perto, mas já era tarde. Apenas nos separaram alguns minutos até poder chegar a ela, uma fêmea de golfinho que ainda amamentava, que faleceu no momento", relatou a ONG. "Possivelmente não teríamos conseguido salvá-la, mas ao menos teríamos tentado."

A ONG também lamentou a falta de empatia dos banhistas, que poderiam salvar o animal em vez de brincar com ele:

"Mais uma vez constatamos que o ser humano é a espécie mais irracional que existe, são muitos os incapazes de sentir empatia por um ser vivo, assustado, morto de fome, sem sua mãe. Envoltos pelo egoísmo, a única coisa que querem é fotografar e tocar, ainda que este animal estivesse sofrendo."

O post termina com um apelo às pessoas: "Nunca se lancem sobre os animais, por favor, tenham um pouco de respeito."

LEIA MAIS:

- Não, não é montagem. Este alce é incrivelmente branco por natureza

- Panes, brigas e má sorte: O que realmente pode acontecer durante o período de Mercúrio retrógrado?